=====================

 

Ideias para Blogger

"Petróleo" cinzento... esse é o caminho do futuro.

Written By Al Berto on quinta-feira, junho 28, 2007 | quinta-feira, junho 28, 2007


Investigadores portugueses desenvolveram um pesticida revolucionário, que mata diversos tipos de fungos que afectam as culturas, mas que não tem efeitos secundários para as pessoas ou o meio ambiente, e vão começar a vendê-lo no mercado internacional.

Os três investigadores principais, de um processo que se prolongou por 16 anos e envolveu "inúmeras pessoas", explicaram a "revolução" que representa esta descoberta para a agricultura, nomeadamente para as vinhas afirmando tratar-se de uma mudança de paradigma, pois os pesticidas actualmente utilizados matam as pragas e as doenças, mas contaminam o ambiente e são tóxicos para os animais e para o homem.
Ao contrário este produto mantém a vantagem de acabar com as doenças sem causar danos no ambiente ou nas pessoas.

A divulgação e futura comercialização deste produto inovador resultou de um processo de ligação da investigação universitária às empresas, e foi feita através de um programa da COTEC, como fazem questão de realçar os investigadores.

O novo produto é extraído do tremoço germinado, pode ser ingerido pelo homem e é destruído no estômago e já está patenteado, tanto a nível nacional, como internacional.

As vantagens que apresenta face aos seus concorrentes no mercado passam pelo facto de não ser tóxico ou prejudicial ao ambiente e ao homem, mas também por ser muito resistente e eficaz na luta contra inúmeros fungos, ao contrários dos produtos actualmente usados pelos agricultores que têm funções específicas, ou seja, cada um afecta um número reduzido de doenças das culturas para além de afectarem gravemente o meio-ambiente e serem nocivos para o homem desde a sua manipulação, aplicação e ingestão.

"Quem não tem cão, caça com gato!"... ou, por outras palavras: Quem não tem petróleo...

16 comentários:

melga meiguinha disse...

Espero que seja mesmo assim porque realmente era mais um bom avanço da ciência.

Já viu a lei sobre o consumo de tabaco? Nos pequenos espaços que são aqules que mais incomodam, a proibição fica ao critério dos proprietários.
Já percebeu o que vai acontecer, não é?
Lá terei que tomar café em casa.

Beijocas e bom fim de semana.

veritas disse...

Fica a iniciativa..."sempre que um homem sonha, o mundo pula e avança"...

Bjs. Boa semana.

guilherme roesler disse...

Mostardinha,

sem duvida uma excelemte noticia.

Abraços, Guilherme

Pedro Link disse...

Viva José Alberto
As mudanças são sempre benéficas, mas as que se verificam actualmente vão sempre no sentido dos lucros imediatos em benefício de quem tem a iniciativa.
Só depois, e já tarde, é que se nota que as coisas não são tão lineares quanto parecem.

Agradecia que passasses pelo meu espaço com alguma urgência.

Abraço

Stella disse...

wow excelente descoberta, menos poluentes tóxicos no mundo, que seja comercializado logo!

Lusófona disse...

Precisamos arranar alternativas urgentemente... Espero que seja só o início de uma nova etapa de nossas consciências em relação a nós e o meio ambiente.

Adoro o filme! fiquei até emocionada... está na hora dos portugueses retomarem o espírito verdadeiro de ser português, sentir amor e orgulho pela pátria que desbravou o mundo, sinto as pessoas muito insatisfeitas, só lamentam... infelizmente...

Beijinhos

Fábio Max Marschner Mayer disse...

Há países que tem grandes recursos naturais como o Brasil, e que, apesar de seus governos estúpidos (o daqui é campeão mundial de estupidez) acabam produzindo solução ecológicas para a humanidade, garantindo seu futuro econômico.

Há outros, sem recursos naturais, que aprendem como ajudar os que têm recursos, caso de Portugal com esse produto.

A ecologia pode dar azo a grandes negócios, pode aliás, ser o motor do desenvolvimento da humanidade, basta ver que de anos para cá há nítidos desenvolvimentos em:

- Bio-combustíveis;
- Bio-polímeros (plásticos a partir do milho, por exemplo);
- Produtos para recuperação ambiental e tratamento de resíduos;
- etc...

A ecologia não está apenas nos protestos contra chaminés e resíduos, está também em ações como estas, estudar novos produtos para ajudar o planeta e manter o desenvolvimento da humanidade!

José Alberto Mostardinha disse...

Viva Fábio:

Sem desprimor para com os outros amigos, por quem tenho grande estima, tenho que reconhecer que o seu comentário está perfeito na medida em que complementou o meu raciocínio sobre esta matéria.

Um abraço,

She Python disse...

meu deus... portugal é lindo!!!!!
e quanto aos pesticidas naturais... aqui no brasil existem vários estudos nesse sentido...
mas como sempre... o que vale são as grandes corporações e seu poder de acabar cada vez mais com nosso planeta a troco de dinheiro e poder...

SaltaPocinhas disse...

é aí,na massa cinzenta, que temos de investir!
Criar condições para que os investigadores possam fazer o seu trabalho cá!

Pata Irada disse...

Pô Mostardinha

Até que emfim uma notícia boa, positiva, que bom!

Gostaria de fazer uma blogagem coletiva....hehehehehehehe

Um dia só com notícias boas, já imaginou?
Onde se entrasse, só teria notícia com bom astral.
Parabéns.
Um mega-fim-de-semana, bem tri-legal.
beijão

Ricardo Rayol disse...

Isso que eu chamo de descoberta. Aqui no Brasil a coisa está feia, já não sabemos mais se o que comemos é seguro ou não, terrível

She Python disse...

cada coisa no seu tempo, não te preocupes por não me linkar... isso não é uma demanda não! só sua visita basta, volte sempre e sempre e sempre... bom fim de semana

Thunder disse...

Isso é uma excelente novidade.Algo que não é prejudicial para o ambiente!

Nilson Barcelli disse...

Sempre vai existindo alguém de talento neste país...
Bom fim-de-semana, abraço.

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

passo e no meu rastro um desejo e um beijo... bom domingo