=====================

 

Ideias para Blogger

31 anos depois.

Written By Al Berto on segunda-feira, abril 02, 2007 | segunda-feira, abril 02, 2007



"... a sua consciência foi criada e solidificada no seio da realeza e da riqueza (o seu pai tinha sido feitor agrícola dos descendentes do Conde da aldeia), estava a fazer um excelente trabalho de alfabetização nas aldeias junto de Vila Real de Trás-os-Montes, seguia na íntegra os ensinamentos da Bíblia Sagrada, o Povo ouvia-o e seguia-o, as palavras de Jesus Cristo proferidas por ele estavam a entoar nos montes, vales, aldeias, vilas e cidades.
A direita fascista, saudosa da ditadura que caira 2 anos antes, e a Igreja viram nisso uma ameaça..."

O Padre Max foi assassinado pelos resquícios fascistas em 2 de Abril de 1976 pela simples razão de defender as suas convicções de, honestamente, servir o seu povo.
"A porta é estreita", mas ele estará, seguramente, no lugar em que acreditava.
O mesmo se não poderá dizer dos seus algozes.

Mais pode ser lido aqui.

9 comentários:

Carlos Tavares disse...

Bonita homenagem a um homem bom.

veritas disse...

Olá!

Grande homem. Não poderíamos deixar esta data passar em branco. A convite do nosso amigo Arauto também teci a minha homenagem.

Bjs. Boa semana.

Arauto da Ria disse...

Amigo JAM,
ele era um homem bom, tinha tudo de bom. Mas tu também o és e acima de tudo és solidário, hoje cada vez somos menos.
OBRIGADO.
Um grande abraço.

Cristina disse...

José,
Ainda é cedo, eu sei! Mas não ver oportunidade de voltar á blogosfera, e sendo assim, deixo aqui os meus votos para que a tua páscoa seja muito feliz,
não comas muitos chocolates :)
Beijinhu, até para a semana

Carlos Esperança disse...

Fico triste por não me ter lembrado do aniversário do assassínio do padre Max e da sua aluna.

Recordá-los é estar vigilante contra o fascismo que se vestiu de MDLP, ELP e vai tomando outras roupagens.

Parabéns pela vossa memória. Em memória da democracia.

Ricardo Rayol disse...

Bela homenagem e um belo template preparaste para mim. Grande abraço (minha divida em geladas está aumentando rs)

Rose disse...

Como vai amigo José Alberto.

Pena que pessoas do bem são caladas.

abraços

Pedro Link disse...

Caro José

O conhecimento que tive do Padre Max foi o meu Avô e o meu pai que me transmitiram., ainda nem sequer tinha nascido nessa altura.
Soube mais tarde que o padre Meireles de Aveiro, professor em Vila Real e amigo de família, era também companheiro do padre Max.
Depois da morte deste, o Padre Meireles renunciou ao sacerdócio e foi um dos que lutou para tentar descobrir os assassinos.
Com se sabe, o esforço de muitos, nesse sentido, foi infrutífero.
Hoje continua-se a investigar as causas da morte do Dr. Sá Carneiro, o que na realidade, neste País, só vem provar que nem todos são feitos da mesma matéria e quando se quer defender os nossos ideais, ou se toca a mesma musica, ou há sempre uma bomba que espera por nós.

Foram estas as palavras que deixei ao Arauto

Um Abraço

sANdrA fasolo disse...

Most, que saudade de ti & de flanar pelo teu blog. Não estava abrindo aqui para mim.

Tocante a homenagem, triste também a natureza humana, não?

Feliz de te rever, beijo no coração.
sandra