=====================

 

Ideias para Blogger

Tem tudo a vêr... ajude a parar este flagelo.

Written By Al Berto on terça-feira, janeiro 23, 2007 | terça-feira, janeiro 23, 2007


Clique na imagem e colabore nesta campanha.
Não faça como a avestruz... saiba mais
aqui e aqui (em inglês).
A sua opinião é importante.




Ainda há homens sérios... e competentes.


(Siga o link acima, muito importante)

22 comentários:

Anónimo disse...

Olá José Alberto:

Acabei de acender a minha vela. Tudo farei para divulgar esta iniciativa. Mais uma vez proclamo, ao ler a notícia, a indignação em relação aos conceitos de verdade, justiça, vida...às contradições, que grassam no seio desta instituição...

Bjs. Boa semana.

António Silva disse...

Enquanto foi possível, particularmente durante a inquisição, conseguiram proibir, e até assassinar, pessoas só pelo simples facto de lerem os livros que eles consideravam proibidos.
Mas o tempo da ignorância e do obscurantismo já lá vai.
A internet, pela liberdade de expressão que propiciona, vai ser a "última fronteira" para aqueles que persistem em castrar a inteligência humana.

José Manuel Dias disse...

Meu Caro

A tertúlia precisa do teu contributo...participa!
Um abraço

Anónimo disse...

Esta é uma questão complexa que deveria viver na consciência de quem decide ou se vê obrigada a abortar. Não deveria ser movida pela política e/ou pela igreja. É obvio que os argumentos esgrimidos são na sua generalidade hipócritas e idiotas.

O aborto até ás 10 semanas, entendo, é uma decisão pessoal da mulher ou do casal. Nestas circunstâncias, a consciência de quem aborta ou é obrigada a faze-lo será seguramente o melhor juiz. É óbvio que a criminalização do acto é injustificada.

Já não concordo com a intenção de integrar indiscriminadamente o acto médico no SNS. Porque os meios são escassos, porque os custos são elevados, porque não há meios nem dinheiro para assegurar cuidados básicos de saúde, entendo que estes deveriam ser suportados, desde que tenham meios, por quem decide abortar.

Entendo igualmente, que o poder deveria fazer uma campanha séria e continuada na educação sexual e que, dado o estado de envelhecimento geral da população, deveria apoiar séria e efectivamente, a natalidade. A Alemanha será um bom exemplo do que se deve fazer para a fomentar.

Cpts

José Alberto Mostardinha disse...

Caro Abel Cunha:

Obrigado pelo seu comentário que resume de forma simples e objectiva o que é uma posição sensata e responsável perante uma caso de saúde pública e não de carácter religioso como, desgraçadamente, muitos pretendem transformá-lo.
Relativamente á questão que levanta sobre a sua possível inserção no SNS penso que isso já estará tido em conta pois, pela informação que me chegou, seguirá a triagem "económica" que já é feita para os restantes casos clínicos.

Ainda sobre este aspecto convirá não esquecer essas mães, "da miséria", que se vêm autenticamente violadas pelos maridos e que não têm meios económicos para tal.

Como em tudo deve imperar o bom senso.

Cpts,

Arauto da Ria disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Arauto da Ria disse...

Caro JAM,
a hipocresia destes servos de Deus, que pelos vistos é só deles, é confrangedora e castrante, não é por acaso que cada vez são menos e têm menos seguidores, mesmo as pessoas com fé em Deus, abandonaram-nos por estas e por outras. Felizmente já quase ninguém os ouve e o sim vai vencer.
Um abraço

Arauto da Ria disse...

CaroJAN;
Ressalve "hipócrisia"

david santos disse...

Olá, Alberto:
Já vou acender uma vela e tudo que esteja ao meu alcance levarei em diante para dar a conhecer esta tua iniciativa.
Parabéns.

Anónimo disse...

Certamente que em todas as religiões,culturas, cultos,sociedades,mesmo ateías, existirá pessoas tendenciosas para tamanhas atrocidades, mas se é certo que temos que combater tal flagêlo, não podemos generaliizar ou so apontar os erros, mas sim identificar e tentar arranjar soluções para o mesmo problema.
Isso só se consegue com a divulgação,e interiorização mais profunda de todos, como podemos combater e irradicar, este problema, mais, podemos em todo o caso ir tentar perceber a fonte de tão infeliz sociedade que se presta a factos tão reais na nossa vida como é o caso da pedofilia.
Uma iniciativa louvável, e que terá com certeza em meu blog uma referência para virem acender a vela a Estados Gerais.

Bem Haja amigo

Anónimo disse...

Felizmente já se vão ouvindo mais vozes pelo sim do que no último referendo.No entanto, no país real, sobretudo nas camadas menos esclarecidas da população, assistimos ainda a uma espécie de "pavor medieval" no que toca ao tema.Gostei de conhecer este blog( através do Noticias d'Aldeia) e pergunto ao autor se o posso linkar no meu http://rascunhandoporai.blogspot.com

Cpts

B R E N A disse...

Minha nossa, que blog chique!!! Layout lindo, tudo lindo! Adorei!
Beijocas

Anónimo disse...

É importante que as pessoas estejam conscientes de que neste referendo Portugal não vai fazer mais do que DESPENALIZAR a prática da IVG, segundo critérios que estão bem definidos.
É natural que o número de 'abortos' aumente - neste momento ninguém está em poder do número real de 'abortos' praticados por dia em Portugal. Só sei que são muitos, e se calhar ainda vão votar NÃO, não em consciência, mas em convalescença.

JAM ainda havemos de beber um copo - antes do meu ir ou numa das minhas possiveis vindas.

Anónimo disse...

Amigo Alberto,
No Bancada Directa, já pode ver mais um post do movimento do sim e algumas razões, que me levam a reforçar a minha convicção.
Já está também caminho aberto para a sua "nossa" causa com link num post para Estados Gerais, e como não o tinha informado, mas dei a entender, a "my light" foi acesa.

Abraço amigo

B R E N A disse...

Temos dois blogs amigos em comum: Walter Carrilho e Do outro lado do mar!
Mundo pequeno mesmo!
Beijos

Jonice disse...

Com o fogo destas velas assim espalhado a missão não tardará em ser cumprida!
Beijinho

Anónimo disse...

Olá José Alberto,

Tentei abrir a vela mas não consegui. Amanhã tento no PC do trabalho.

No meu canto tenho uma petição. Assinas ??

Grande abraço

Anónimo disse...

Já estou contigo e com a campanha!Bj

Anónimo disse...

Sou a favor de aborto e pelo q votei na sua pesquisa, vi q estamos ganhando disparado.
Espero q seja aprovado em Portugal, pq servirá de exemplo para o Brasil, e está vivendo no século passado e precisa evoluir.
Sim meu querido, nós agora até voltamos a era do Atari, e o nosso apedeuta mor lançou o PacMan, como se fosse novidade, deve ser a bela adormecida!
Obrigada por sua visita, e saiba q vc é sempre muito bem vindo!
Beijos e boa sorte ao SIM.
Portugal tem q nos ensinar o caminho do futuro, aqui estamos emPACados!

Ricardo Rayol disse...

Falhou.... não consegui saber do que se trata.

Guilherme Roesler disse...

Mostardinha,

esse Ricardo pareceu ser uma pessoa lúcida.

Abraços, Guilherme

Anónimo disse...

Oi José, acabei de linkar você lá no meu cantinho. Beijocas