=====================

 

Ideias para Blogger

Irresponsabilidade da TV... porque mais acessível.

Written By Al Berto on sábado, janeiro 06, 2007 | sábado, janeiro 06, 2007

Um menino de 10 anos matou-se ao imitar o enforcamento de Saddam Hussein reproduzido pelo "famoso" vídeo pirata duma mente deformada.
A criança nasceu na Guatemala e vivia em Houston, no estado do Texas.
Com ele são já três as crianças que seguiram "o conselho" das TV´s que, em busca de "share" fácil, rapidamente trataram de divulgar as imagens.
A televisão entra pelas casas dentro "sem avisar"... é exigível que se auto-regule.
Qualquer um dos nossos filhos está completamente á mercê destas imagens.

Onde pára a deontologia jornalística?

Sem palavras.

13 comentários:

António Silva disse...

a deontologia jornalística há muito que foi jogada no esgoto.

karla disse...

deviam por os olhos nestes tristes acontecimentos, para se consciencializarem do "lixo" k andam a divulgar, e o k isso pode prejudicar...

Anónimo disse...

ki horror!!!
Menino pra ti tb uma ótima semana...
ah, não achei teu email pra poder falar contigo sobre os vidrados, adorei saber que tu trabalhas com isso.
bjKa

SaltaPocinhas disse...

dás-me o teu mail?
é que te devo uma explicação... :-(

José Alberto Mostardinha disse...

Olá Keikas & Olá Salta Pocinhas:

O meu e-mail está mesmo aqui ao lado, é só duplo-clicar na cartinha animada :-)
... já estava lá mais abaixo.

Um beijo,

sANdrA fasolo disse...

Oi, Most... tsc tsc... assim caminha a humanidade... ontem eu pensava no blablabla hegeliano de que o mundo tende ao espírito absoluto & à "perfeição"... se assim for, nós humanos estamos totalmente equivocados com a evolução do mundo em direção ao EA.... pois sim, o que achas Most?
beijos beijos

Anónimo disse...

Querido amigo, na realidade, essa pratica de "brincar de enforcamneto" está em vigor há mais ou menos 1 ano, e tem sido amplamente combatida na mídia americana, centenas de crianças e adolescentes já morreram. Assisti uma reportagem no ano passado relatando esses casos.
Um grupo de criança se une, colocam uma corda numa arvore e com as pontas dos pés levemente no chão, eles se enforcam e contam os minutos q conseguem ficar assim...claro q nem sempre dá certo e muitos acabam morrendo.
No Japão estão combatendo uma nova onda de suicidio coletivo, um grupo de jovens suicidas, se acham via sites na internet e marcam um lugar para se encontrar e morrer. Se trancam num carro e deixam o escapamento para dentro do carro. Morrem centenas por mes no Japão usando essa tecnica.
Terrivel mas por algum motivo a morte tem se apresentado muito atrativa e desafiadora para os jovens.
Muito triste isso.
Abraços, SoniaSSRJ

Anónimo disse...

Olá José Alberto:

Muito triste...mas lança outra questão: Qual o papel da família no meio de tudo isto? Vexa-me a desresponsabilização dos pais na educação dos filhos, situação que na nossa sociedade está a ter, infelizmente, uma gradação crescente...Os pais devem filtrar o acesso dos filhos à informação que entra em casa através da televisão. Devem dialogar com eles no quotidiano em busca de questões e dúvidas mal resolvidas. Deve existir abertura para tudo discutir... dialogar e esclarecer...

Bjs. Boa semana.

Yvonne disse...

Sem comentários. Beijocas perplexas.

Anónimo disse...

Deontoquê Jornalistica? Conto um caso recente, um familiar meu faleceu de maneira horrível num acidente, de um pasquim da trampa, fotografaram a casa, sem falarem com ninguém, telefonaram ao filho do falecido, que estava ausente e que nada sabia da morte do pai, além de ser menor, escarapacharam tudo no jornal. Deontologia! Esses senhore sabem lá o que isso é. Boa semana.

Anónimo disse...

Hoje, infelizmente vale tudo, e no Jornalismo, está a chegar ao inimaginavel, para se conseguir audiências, por isso..
Bem mas na politica, que é o expoente máximo do mundo, dá todos dias exemplos vergonhosos, basta ver que a justiça,saude,educaçao, estao neste sector, por isso nada de estranhar...
Abraco

Ricardo Rayol disse...

Morte, sexo e violencia é a triade.. a santa trindade dos meios televisivos.. e que se danem os efeitos colateriais

Anónimo disse...

É horrivel do que esses senhores são capazes de fazer por dinheiro, até eu fiquei chocada com essas imagens.