=====================

 

Ideias para Blogger

Autêntico milagre.

Written By Al Berto on terça-feira, agosto 08, 2006 | terça-feira, agosto 08, 2006

Um avião da companhia aérea brasileira TAM perdeu uma porta em pleno voo, minutos depois de ter levantado do Aeroporto de Congonhas, na cidade de São Paulo.
Não houve vítimas nem prejuízos materiais.

O aparelho, um
Fokker 100, teve apenas que regressar, sem a porta da frente, ao aeroporto de onde partira.

Segundo a empresa estatal Infraero, que administra os aeroportos do país, a porta caiu nos arredores do Museu Ipiranga, nos arredores de São Paulo.
O avião dirigia-se para a cidade de Salvador, e tinha prevista uma escala na cidade do Rio de Janeiro.

O que parece impossível é como tudo isto não deu em tragédia.
A descompressão gerada pode ser o suficiente para fazer perder o controle do avião.
A quem é que vão ser assacadas as culpas desta autêntica tentativa de homicídio?
Esta situação não tem desculpa possível.
É a vida de dezenas de pessoas que está em jogo.
Que confiança poderão ter as pessoas em qualquer viagem aérea a partir daqui?
Começo a compreender porque as companhias aéreas brasileiras vão á falência.

9 comentários:

Didas disse...

Ih cum caraças! Nem eu deixo chegar o carro a esse estado!

António Silva disse...

Não é preciso dramatizar, basta que cada passageiro leve o paraquedas colocado e que salte quando tal lhe for ordenado.

Susana Barbosa disse...

:(( !!

Passarim disse...

Salve Mostardinha,

Existe membros e ex-membros do governo brasileiro que protege está empresa aérea. Este fato retrata o Brasil de hoje, nosso país é um avião voando sem porta. É pânico geral. Abs. Jarbas

CarpeDiemBeHappy disse...

Eia!!Situação mais estranha!!Imagino a aflição dos passageiros!
Beijos

Rosario Andrade disse...

Bom dia Mostardinha!
... inacreditável!
(pelo menos o pessoal da manutencao percebeu onde é que deveriam ter colocado aquelas pecas que sobraram...)
Bjico!

veritas disse...

É triste dizê-lo...mas é algo terceiro-mundista...

Luiz Carlos Reis disse...

O ocorrido com a aeronave foi uma fatalidade, convenhamos. Acontece que a TAM é reincidente, só pra lembrar a queda de uma aeronave em 1999; outro acidente quando uma mesma porta abriu-se em pleno voô e, agora mais este acidente.
Pois é Passarim, além de proteção do governo, a empresa em questão detém praticamente 70% do monopólio da aviação comercial e doméstica brasileira.
Soa quase que estranho a não aceitação do governo, quanto à proposta de coalisão entre a Varig e a Tam recentemente, haja visto o episódio, muito comentado nos tablóides nacionais. Sem contar o núkmero de desempregados da Varig hoje em torno de 15 mil funcionários. Lastimável!
Abraços meu caro!

Lena Casas Novas disse...

Quantas portas a TAM vai ter que perder para começar a pensar em tirar de circulação definitivamente o Morte 100, digo, qual é mesmo o nome do modelo?
Deixa pra lá...

O Comandante Rolim, terá que contratar um bom marketeiro...A imagem da TAM VAI FICAR COM CHEIRO DA MORTE

Te vejo no Portal