=====================

 

Ideias para Blogger

Radiografia de uma mentira.

Written By Al Berto on terça-feira, agosto 08, 2006 | terça-feira, agosto 08, 2006

...ou como é possivel em pleno século XXI haver seres humanos que não olham a meios para atingir os seus fins.





Para uma correcta visualização sugere-se colocar o video a correr para que se faça a respectiva descarga e, posteriormente, reproduzi-lo novamente desde início.

18 comentários:

Fabricante_de_mentiras disse...

Hola, José Alberto. Muy interesante tu blog. Gracias por compartirlo con los demás.
Saludos mexicanos!

Kafé Roceiro disse...

Muito interessante o vídeo! Valeu!

Aluizio Amorim disse...

Olá, José Alberto:

este vídeo é realmente muito interessante. Grato pela visita e convite. Portanto, aqui estou. Seu blog está bom demais, principalmente pelo fato que enfoca muitas matérias do Brasil e da América Latina.
Cordial abraço do
Aluízio Amorim
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil
http://oquepensaaluizio.zip.net

Ekilibrus disse...

Chavez foi eleito por uma larga maioria de votos...Venezuela é um doa maiores produtores de petróleo....As grandes companhias dos USA perderam os privilégios..e claro procuram desestabilizar o país usando todos os meios possíveis. Será interessante saber porque é que uma grande país como América vive rodeado de "más comapanhias" e porque é que um povo que na sua maioria vive bem, éstá circundado de países em que as populações vivem mal.
Haja equilíbrio.
Cumprimentos

pisconight disse...

Mesmo muito interessante o video, demonstra bem o que se passa lá.
;)

Jorge Ortolá disse...

Olá josé Alberto...

Mas quem é que acredita que Chaves foi eleito democraticamente ??

É a imagem da 1ª eleição de Busch. Depois basta controlar os opositores e vir para a televisão com programa próprio dizer umas quantas babuseiras para o povo sem formação "comer". Todos ?? - Não, mas muitos.

Continua e um abraço

Novo Posta em "de bem com a vida"

Emanuelle disse...

Não estou podendo visitar, estou viajando. Mas deixei fotos bem bonitas e sensuais pra vocês. Vou ver se todo dia coloco pelo menos algumas fotos.
beijos,
Manu.

veritas disse...

Sempre se soube que a eleição de Hugo Chavez era obra de uma máquina eleitoral fraudulentamente montada, um pouco como Salazar fez para dar a vitória ao presidente que favorecia o seu Conselho no tempo em que Humberto Delgado foi candidato à presidência da república e largou aquele célebre "obviamente demito-o", referindo-se a Salazar; esta é uma características de governos ditatoriais que dão, no entanto, pão e circo ao povo para o manter entretido...

Bjs.

José Alberto Mostardinha disse...

Caríssimos amigos:

Com um pedido de desculpa aos demais, que muito aprecio e para quem vai o meu sincero agradecimento pela participação, mas porque nele é focado o "antes do 25 de Abril de 1974" em Portugal, permitam que deixe aqui umas palavras para a minha querida amiga Veritas.

Há muito que já aprendi a ter uma profunda admiração pelas suas intervenções.
Por várias razões, entre as quais destaco o equilíbrio de posições, a sensatez da análise e a ponderação das matérias a que se dirige.

O conteúdo deste seu comentário, que eu faria meu, reflecte a realidade, nua e crua, do processo ditatorial.

Também o Partido Comunista tentou fazer o mesmo em Portugal mas valeu ao nosso povo que houve um partido e um homem que, não se acovardando como outros, se levantaram contra essa tentativa totalitária pró-soviética.

Esse partido foi o Partido Socialista e o homem foi Mário Soares.

Também eles demagogicamente se fartaram de dar benesses ao povo...as que eram possíveis e as que não eram possíveis.
Daí estarmos ainda hoje a pagar a factura de tais desmandos.
A sua intenção era "arrebanhar" o voto dos "cordeiros" para tentarem a centelha de legitimação democrática que lhes permitisse, posteriormente, alterar as regras do jogo democrático de modo a se perpetuarem no poder.

É isto que se está a passar na Venezuela.
O futuro mostrará ao mundo que respeito a democracia merecerá por parte de Hugo Chaves.
Veremos se as "regras do jogo" não serão alteradas com os fins citados.

Uma ditadura sabe-se quando começa...mas não se sabe quando acaba.

Um abraço a todos,

Loba disse...

O vídeoe os comentários são informações que só acrescentam.
E como disse a Veritas, regimes ditatoriais sobrevivem à custa dos pontos fracos de um povo, por isso seu tempo de mandato é imprevisível. Depende do acordar deste povo, né?
Beijos moço!

Rosarinho, a menina do caixa disse...

Ora gaita, não consegui ver nadinha. Permita-me só que lhe diga que, provavelmente, nunca foi comer ao Mercado do Peixe. Aconselho.

Tacia Munhoz disse...

Nossa, super interessante esse video, hein?
B-jos

Macillum disse...

Quando sabemos que os governantes do mundo jantam juntos, que têm festas privadas juntos, que fazem férias de campo juntos, então, tudo começa a fazer sentido: na política nada acontece por acaso e nós já estamos a viver os primeiros tempos da ditadura a que muitos chamam de nova ordem mundial: uma só nação, uma só moeda, um só mercado, uma só cultura democratizada, de controle tecnológico absoluto sobre as populações.
Quando encaixamos tal visão nos acontecimentos que decorrem hoje em dia - assim como na história não-enciclopédica, mas baseada na investigação compenetrada sobre documentos e notícias - tudo começa a fazer sentido!
A ideia de demo-cracia (do grego, com duplo sentido, "casa do povo" e "casa do demónio") começou a ser difundida na Europa pela maçonaria, após a revolução francesa, revestida dos ideais de liberalismo, humanismo, iluminismo, positivismo, racionalismo, deitando abaixo monarquias, erguendo no seu lugar repúblicas e parlamentos, ou consiliando a existência da corôa com o estado parlamentar e demo-crático, reduzindo-a a um mero símbolo, sem qualquer poder governativo; ainda assim, com muita influência popular.
Penso que, dada a qualidade das acções dos democratizadores que a história nos têm apresentado, a tradução mais correcta da palavra demo-cracia, talvez seja, "casa do demónio".
A atitude reptilinea de grupos para-políticos, como o chamado "grupo de bilderberg"; a "comissão trilateral"; "clube de roma"; "comitê dos 300"... se pode ser categorizada de alguma coisa, é de maligna.
Pinto Balsemão, dono de mais de 80% da comunicação social em Portugal, é membro permanente do grupo de bilderberg há mais de 10 anos.
Já alguém ouviu falar deste grupo?
A SIC, da qual ele é dono - e que apresenta neste momento "genéricos" pró-americanos - foi criada pela TV Globo: daí os genéricos de abertura de ambas ser, praticamente, iguais.
A TV Globo foi criada pela C.I.A. no tempo da ditadura de Getúlio Vargas.

Aqui podem ver o genérico de abertura da SIC:

http://www.youtube.com/watch?v=bPBYNDqVLdM

... e aqui podem ver o genérico de abertura da globo, no filme "Além do cidadão Kane", documentário proíbido no Brasil:

http://noticmundo.blogspot.com/2006/07/alem-do-cidadao-kane.html

A trama é mundial. Os acontecimentos estão todos interligados. Selecciona-se, económicamente, a elite que irá usufruir dos previlégios da nova ordem mundial, a demo-cracia defendida pela O.N.U.
Já agora: porque será que o moto da O.N.U. (fraternidade/igualdade/liberdade) é igual ao moto da maçonaria e daqueles que apregoam a demo-cracia?
E porque é que será que os símbolos que constituem o logotipo da O.N.U. (globo e ramas de oliveira) são símbolos maçónicos internacionais?
E porque é que no selo oficial português, o brasão está sobrepôsto sobre os mesmos símbolos maçónicos internacionais (globo e ramas de oliveira), dispostos de modo igual (globo circundado por ramas de oliveira), em tudo semelhante ao logotipo da O.N.U.?
Afinal, porque é que o distintivo da polícia portuguesa, é uma estrela de Israel?
Ou, porque é que o logotipo do comando distrital de Lisboa é coroado por estrelas de israel (dos judeos, ou de David, como quiserem chamar) intervaladas com águias de asas abertas e a olhar à direita, igual à águia do selo oficial dos E.U.A.?
Para acabar com tanta pergunta, porque é que, no selo oficial dos E.U.A., por cima da cabeça da águia, formada por 13 estrelas, está uma estrela de Israel, dos judeus, ou de David - como lhe quiserem chamar?...
Perguntas, perguntas, perguntas...

A conspiração política mundial é só uma: fazer do planeta uma só nação debaixo de um sistema totalitário, dictatorial, imperialista, tirânico, maligno, demoníaco, de controle tecnológico absoluto sobre cada pessoa.

Se duvidam, dêem uma vista de olhos nestas notícias sobre o VERICHIP (o microchip criado para ser implantado em humanos), entre outras tecnologias de controle:

http://noticmundo.blogspot.com/2006/05/tecnologias-de-controle.html

Não estão já, praticamente, todos os cães e gatos de Portugal com microchips implantados?

José Alberto Mostardinha disse...

Viva Macillum:

Aceito esse racicínio mas não estou de acordo.
Isso quase parece o Armagedon.

Eu vejo... o contrário.
O mundo cada vez mais dividido e essas divisões cada vez mais intolerantes.

Um abraço,

Susana Barbosa disse...

Caro José Alberto,

"Seres humanos que não olham a meios para atingir os fins", são fruto da falta de valores que a nossa sociedade atravessa. Como a crise de valores é intensa e extensa, creio que posso afirmar que cada vez eles proliferam mais e mais... e com muito sucesso até!

Um abraço

Blogue da Magui disse...

Para mim saiu uma pagina em branco.Nada mais. E, fiquei por muito tempo lendo os seus textos e navegando em alguns links seus indicados.Muito bons. Entoao posso te responder que ja irei lincar vc entre os meus indicados , dentro da sua proposta de outro dia.

Biranta disse...

Comparado com os enormes e gravíssimos problemas que o Mundo atravessa, Chavez não conta. Além disso, este vídeo é, sem qualquer sombra de dúvidas, uma das muitas formas de provocação dos facínoras, terroristas, treinados nos U.S. que têm como missão controlar, ao serviço das piores máfias tenebrosas, todos os governos de todos os países do Mundo, como acontece cá. Este é apenas um dos meios; outro dos meios usados por essa gente são as guerras e as chacinas como acontecem no Iraque, no Afeganistão, no Médio Oriente, etc. Chavez resiste? Faz ele muito bem. É pior do que todos os outros? Não creio! Poderia ser melhor? Não sei! Só quando os povos impuserem pudor e dignidade a todos os governos e sobretudo às decisões da ONU...
Por agora as alternativas para a Venezuela, controladas e manietadas pelos U.S. e respectivas máfias, certamente que não seriam melhores que Chavez, bem pelo contrário...
Quem está pronto a tomar e controlar o poder na Venezuela não são democratas preocupados com o povo, mas facínoras que só semeiam guerras, miséria, terror, enauqnto se apropriam dos recursos de cada país.
Estes problemas, que atravessam todo o Mundo são bem mais preocupantes e alarmentes do que Chavez.
Cada macaco no seu galho. Não confundamos as coisas nem sejamos instrumentos dessa gente maldita, porque eles, esses sim, estão a cavar a ruína da humanidade. Chavez, nem que queira, não o poderá fazer.

Macillum disse...

Ao José Alberto Mostardinha:
tu não estás a ver as coisas ao contrário, não: o mundo está dividido em 1001 ideologias e visões de vida, muitas delas, em caso extremo, provocando guerras.
É essa mesma a intensão: quem tem vindo a surgir para intermediar os conflitos entre as 1001 ideologias?
A O.N.U.: a pacificadora, democratizadora, unificante, polícia militar mundial.
A intensão é criar uma só nação debaixo da bandeira da O.N.U., constituída por vários estados, que por sua vez serão constituídos por regiões.
Uma só nação.
Uma só religião.
Um só governo.
Ou a maçonaria não se apresentou já, em Portugal, como a alternativa política e religiosa?
A demo-cracia do gang Bush & Cº é um exemplo de materialização dos ideais maçónicos, assassinos e demoníacos.