=====================

 

Ideias para Blogger

Os "oásis" do mundo.

Written By Al Berto on sábado, junho 02, 2007 | sábado, junho 02, 2007

Portugal figura entre os países mais pacíficos do Mundo ocupando o nono lugar em matéria de segurança, segundo uma tabela divulgada pelo Intelligence Unit, o centro de investigação da revista britânica ‘The Economist’.

O “Global Peace Index”, elaborado pelo filantropo australiano Steve Killelea e que agrupa 121 nações, teve em linha de conta 24 items, entre eles os níveis de violência, o crime organizado e o financiamento fornecido às forças militares.

Os rendimentos dos cidadãos e o nível de educação foram outros dos factores determinantes para atribuir a posição do ‘ranking’.

121 GPI rankings

Countries most at peace ranked first)

(Clique nas imagens para ampliar)

Como diziam Seymour Miller & Jill Jackson*:

"Let there be peace on earth and let it begin with me."


Para reflectir...

* Seymour (Sy) Miller (1908-1971), foi um famoso pianista, escritor e produtor de teatro, rádio e televisão. Formou-se pela Universidade Cornell, em Nova Iorque.
Jill Jackson, co-autora e compositora de Haja Paz na Terra, nasceu em 1913.
Foi esposa de Sy Miller e sua principal colaboradora na sua música.


A título de apreciação destes resultados é fácil constatar que os países mais estáveis são aqueles que, naturalmente, apresentam uma maior identidade nacional fruto da sua longa história e uma maior homogeneidade cultural e racial.
O contrário também é verdade.

Vemos, por exemplo, um país imenso como o Canadá no "top ten" mas há que considerar que, para além de ser bastante rígido em termos de ordem na sua organização social, proporcionalmente é um país com "pouca" população.

O Brasil é um caso típico dum país que precisa que os seus dirigentes dêem exemplos de virtudes e não, como acontece sistematicamente, exemplos deploráveis de desonestidade.
É um pais com um imenso potencial que, tal é a sua força, crescerá de qualquer jeito e maneira e que, se socialmente organizado, facilmente se transformará numa das maiores potências económicas do mundo.

Encontrar a solução é uma tarefa de toda a sociedade brasileira.

23 comentários:

Carla Ramos disse...

Neste "campeonato" é que eu gosto que Portugal esteja nos primeiros lugares.

JotaCê Carranca disse...

Espero para ver a 'evolução' do meu país, Angola, durante os proximos 5 anos.
Bom fim de semana

Pata Irada disse...

Mostardinha

Sei não!
Acho que tem coisa errada aí.
O Brasil antes do Iraque?????

Viver num país pacífico é um bom começo para tudo.
Significa viver com pouco stress que é a origem de muitas doenças, portanto aí se vive com mais saúde, mais qualidade de vida sem pânico de ser encontrada por uma bala perdida.
Tendo saúde o resto vem de brinde.

Acho que tenho
quase certeza absoluta
que já sei onde quero morar.

De malas prontas eu pergunto:
Tem lugar pra mim aí?
hehe, tô chegando!

José Alberto Mostardinha disse...

Olá Silvana:

O português é conhecido, por quem o visita, pela sua hospitalidade.
Ao contrário de outros povos, os espanhóis por exemplo, não vemos qualquer inferioridade em falar a língua do nosso hóspede, pelo contrário.
São quase 1000 anos de história, as fronteiras mais antigas da Europa e uma só língua... não há complexos desse género.

Alexandre disse...

Já calculava que os países do norte da Europa fossem os mais pacíficos e civilizados - apesar do que se passou hoje no jogo Dinamarca-Suécia - e Portugal é um país onde as pessoas ainda podem passear à noite, com excepção de alguns pontos negros!

O que mais me admira é termos uma polícia no Iraque, Afeganistão, Timor, etc, mas que não entra em certos bairros em Portugal! Mas isto é um àparte, penso que turisticamente Portugal deveria apostar mais na segurança - embora isto da Madeleine tenha vindo na pior altura!!!

Um abraço!!!

Stella disse...

realmente Portugal tem se tornado um local de excelência em toda Europa
parabéns ao povo português, e pensar que o Brasil já foi considerado um paraíso tropical

Ricardo Rayol disse...

E nós lá na rabeira como sempre.

Saramar disse...

Parabéns aos portugueses que fazem do seu país uma ilha de tranquilidade neste mundo tão conturbado.
Infelizmente, como diz o Ricardo, o Brasil está lá no final da fila. Como em quase todos os indicadores, aliás. Com exceção, é claro, do hanking da corrupção.

beijos, José Alberto. Bom domingo.

guilherme roesler disse...

Mostardinha,

ainda temos muito o que aprender....


Abraços, Guilherme

impulsos disse...

Vendo bem... até que nem estamos assim tão mal!
Já noutras matérias...

Beijo num impulso meu

veritas disse...

O orgulho no nosso país tem de começar por nós, portugueses. Por isso é tão importante que as camadas mais jovens, para além do conhecimento, compreendam os nossos 900 anos de história...

Bjs. Bom fim-de-semana.

Kalinka disse...

OLÁ JOSÉ ALBERTO MOSTARDINHA

Fico muito feliz por deixar o meu comentário a seguir à Veritas, que aqui neste espaço defendeu os F.P. como deve ser, pois já não é a 1ª nem 2ª vez que aqui leio dizer mal do F.P. e também creio que não será a última. Haja muitas Veritas para nos defender.

Na descrição que ando a fazer sobre umas mini-férias de 4 dias pelo Alentejo profundo, também vejo prados falando,
a Natureza,
Os moinhos, os ventos e o luar;

Os meus olhos tudo registaram, agora tento passar a quem me lê, através de palavras e de fotografias, mas...o melhor está dentro de mim; porque por mais que vos diga, nunca irei conseguir transmitir o que na realidade senti. São emoções muito fortes e belas.

E quanta gente existe, sem verdadeiros olhos de ver...
Que se desespera a ver se alcança
A Felicidade feita de pequenos nadas...
Assim vou sendo feliz em pequenas parcelas.

Beijitos de carinho.

José Alberto Mostardinha disse...

Olá Kalinka:

Pensava que essa "coisa" a que te referes de "falar mal" da FP (função pública) já teria sido ultrapassado... parece que não.

Não generalizes minha cara amiga, não generalizes, "a carapuça só serve a quem a enfiar".

Sei que nela (fp) há uma espécie de "seita" que se procura proteger da "chuva" a qualquer custo mas isso não vai funcionar muito mais tempo.

Quem tem competência e é aplicado na função que exerce tem que ser premiado, quem não tem... tem que sofrer as respectivas consequências.

Tenho vários amigos, que muito considero, a trabalhar na função pública.
Alguns deles há mais de 30 anos vê lá tu.

Porque são competentes e sérios quero que obtenham o justo reconhecimento por isso e não sejam um mero "número" anónimo como qualquer outro... ainda que incompetente.

Isso de ver toda a gente pela mesma "bitola" está ultrapassado.

Os portugueses compreenderam bem e a "famigerada" greve "geral" foi um fiasco... ao ponto de se instalar a confusão na CGTP e no PCP que, convenhamos, são uma e a mesma coisa.

Beijinhos também para ti.

Arauto da Ria disse...

Caro JAM,
o nosso país é seguro, ou os outros têm violência em excesso, parece logico que vamos pensando nisto.
A nossa cidade há 1
0 anos era um paraiso e hoje?
Pois é amigo, estamos a piorar.
Do mal o menos.
Um abraço.

melga meiguinha disse...

Mostardinha,

Muito obrigada pelo seu comentário que deixou no melga. Acho que a frase diz tudo.
Venho cá muitas vezes mas só hoje consegui entrar nos comentários.
Quanto à insegurança do nosso País, só fala disso quem não conhece o que se passa nos outros Países(para isso não é preciso lá ir, basta ver as notícias).

Beijocas.

Barão da Tróia II disse...

É um gosto descobrir que afinal também existem por cá coisas boas, claro que estes rankings tem que ver com estatísticas nacionais, nem sempre verdadeiras, mas mesmo assim gostei de saber dessa. Boa semana.

Fábio Max Marschner Mayer disse...

O problema do Brasil é justamente esse que você levantou: EXCESSO DE MAUS EXEMPLOS!

Jorge Sobesta disse...

Caro Mostardinha,

Parabéns a Portugal.

Quanto a sua proposta da sociedade brasileira se organizar em prol de melhoras é quase impossível.

Com 60% da população aplaudindo essa farça que aí está, achando ótimo o governo atual numa fase aguda de negação da verdade fica difícilimo.

Um grande abraço e uma ótima semana.

Margri disse...

Olá Mostardinha!
De vez em quando, é bom ver o nosso lado positivo.
E afinal há aspectos bons, neste cantinho à beira-mar plantado!
Acho que se lhes deve dar também algum destaque, pelo menos tanto quanto aos menos bons.
Se teimamos em só ver o copo meio vazio, acabamos "na fossa" (termo pedido aos amigos do outro lado do mar que por aqui vejo).

Abraços e boa semana.

♥Princess♥Fabiana♥ disse...

Passei para deixar votos de uma boa semana:)))
Bjo Fabi ***

Patacoadas do Cleber disse...

Caro Mostardinha. Fico particularmente grato pela sua contribuição nas discussões dos problemas do Brasil e muito feliz por Portugal estar entre os 10 desse ranking tão importante e admirável.

Marlene Maravilha disse...

Eu acompanhei esta notícia e vibrei com Portugal! O Brasil, só pela fé...e eu creio em Deus!!
abraços

She Python disse...

acredtio que seremos uma grnade potência... mas espero sinceramente que isso não signifique nos tornarmos um país de egoístas...
nossos dirigentes são o reflexo do descaso que todo brasileiro tem com política...
sistematicamente nossa educção é minada, para que o povo fique cada vez mais cego perante tanta desonestidade... com os escândalos que tivemos recentemente... se estivéssemos num país que pudesse ter mais senso crítico... com certeza minha cara... Brasília teria sido fechada pela população brasileira e salgada a terra para que nada crescesse mais lá...
a salvação do brasil é a educação... e o desenvolvimento sustentável...
acabamos com a floresta atlântica (maior biodiversidade do mundo) e agora estamos acabando com a amazônia... temo que seremos o próximo deserto do mundo...