=====================

 

Ideias para Blogger

Os recordistas da Europa.

Written By Al Berto on domingo, outubro 15, 2006 | domingo, outubro 15, 2006

Em apenas três meses foram registados 884 novos casos de VIH em Portugal, segundo resultados publicados no boletim do Centro de Vigilância Epidemológica das Doenças Transmissíveis do Instituto Nacional de Saúde.

Entre 1 de Janeiro e 31 de Março, o Centro recebeu o maior número de casos desde que a epidemia entrou no país. Dos 884 casos, 55 por cento não apresentam sintomas da doença, 35,7 por cento são de sida em estado visível, 9,3 por cento estão numa fase intermediária.

As idades destes seropositivos vão dos 20 aos 39 anos, e 83,8 por cento são homens.
É caso para dizer "haaa!!!...grande "macho latino"!


O total de casos oficiais de VIH em Portugal são 13 287, mas os cálculos apontam para 30 mil. Destes casos identificados, 51,7 por cento são de sida, 9,3 por cento são intermediários e 39 por cento são seropositivos.
De acordo com estes resultados a fase intermediária é muito reduzida, o que poderá indicar ou um rápido desenvolvimento do vírus ou uma tardia descoberta do mesmo.

Os toxicodependência continua a liderar as causas de transmissão com 33 por cento do total dos casos, seguida pela heterosexualidade (26,6 por cento) e homo/bisexualidade (28 por cento), o que contraria a ideia de que a sida é a doença das prostitutas e dos homosexuais... ainda que estes a ajudem a transmitir.

A falta de prevenção não terá emenda?

14 comentários:

Luna disse...

Penso que por mais que se tente interiorizar nas pessoas , a prevençao, as pessoas não ligam, pensão que só acontece aos outros, e por aí se vai
beijos

JotaCê Carranca disse...

Aqui, hoje Guimarães, abordas um assunto interessante. Como vês nesta minha viagem pelo 'mundo' aproveito sempre que poso dar uma vista de olhos.

veritas disse...

Olá José Alberto:

O problema é que muitos deles contraem a doença em relações extra-conjugais, depois vão para casa contagiar as malogradas e incautas esposas. E existem ainda muitos tabus em relação ao uso do preservativo...

Bjs.

spersivo disse...

Grande M,
As pessoas são muito otimistas e despreocupadas. Pensam que o mal não acontece nunca com elas. Olha o caso do Brasil que pegou um cancer chamado Lulla da Silva. E ainda tem gente que não quer recorrer ao médico. Abs. S.

Guilherme Roesler disse...

Mostardinha, é uma noticia triste. As pessoas tem que se cuidarem, sempre. Os Estados Gerais sempre é um blognão só de conhecimento, mas de saude publica tambem. Abraços, Guilherme

Nat disse...

Mostardinha,

Triste notícia. Mas o escorpião (e de sua natureza) da foto me fez lembrar da natureza do PT aqui em terras tupiniquins...

Grande abraço!

Stella disse...

Infelizmente se percebe não só aqui, mas em todo o planeta a não divulgação maciça para prevenção.

te desejo uma ótima semana :-)

António Silva disse...

ora aqui está um tema em que todos deviam dar a sua opinião.
eu por mim tomo as devidas precauções... e não me meto em "confusões".

CarpeDiemBeHappy disse...

Olá!!

Estes dados assustam!!
Mais vale prevenir do que remediar...

Infelizmente há muita gente por aí que embora sabendo disto tudo não tomam as devidas precauções e o pior é que não têm consciência ou não querem saber que podem infectar quem não tem culpa.

Muitos pensam que o mal só acontece aos outros.

Beijinhos

P.S.: A Cris também te envia um beijinho!

Marco Aurélio disse...

José Alberto

Tô meio sumido né? É que ando meio sem tempo! As coisas aqui do outro lado do oceano, em relação a AIDS< também não vão bem. Muitas campanhas e pouca adesão. Se pararmos para pensar ficamos loucos!

Mudando de assunto, você gosta de bacalhoada?

Uma abraço

Marco Aurélio

Jorge Sobesta disse...

Caro Mostradinha,

O problema é que temos uma juventude sexualmente ativa que nasceu no período "pós-alarme" e as pessoas vão se esquecendo desses perigos.
As propagandas de alerta nunca deviam cessar.

Um abraço.

Anónimo disse...

Olá José Alberto,

Parece incrivel que, com tanta informação ainda haja quem arrisque. Brica-se com o "bicho" invisivel e quando ele ataca, aí sim, lamenta-se...

tarde demais.

1 abraço

Ricardo Rayol disse...

Desculpe a piada mas 80 e tals % de homens? alto lá, nasceram com sexo masculino há de se ver qual é o lado utilizado pelos sujeitos....

Voltando a seriedade essa doença é uma m.

Saramar disse...

Meu amigo, concordo com a opinião do Jorge: os jovens, hoje, já não vêem a doença com aquele viés assustador e por isso, não se cuidam.
Considero as campanhas muito tímidas. Creio que deveriam ser mais agressivas par aintimidar mesmo, porém os falsos moralistas não permitem e o resultado é a tragédia.

beijos