=====================

 

Ideias para Blogger

Escândalo sexual abala igreja católica espanhola.

Written By Al Berto on domingo, outubro 08, 2006 | domingo, outubro 08, 2006

Mais um escândalo atinge a Igreja Católica, desta vez mesmo aqui ao lado, em Espanha. O arcebispo de Madrid – a mais importante autoridade da igreja espanhola – um bispo e um padre começaram quarta-feira a ser julgados por ligações a crime sexual.

O arcebispo de Madrid, Antonio Maria Rouco Varela, que, segundo a acusação, terá ajudado a encobrir o caso, é quem celebra as missas frequentadas pela família real.
Foi ele quem baptizou a pequena infanta Leonor, filha do príncipe Felipe e Letizia Ortiz.

A presumível vítima, um rapaz então com 12 anos, acusa o sacerdote de lhe tocar nos órgãos genitais e de ter tentado várias vezes violá-lo, dentro da sacristia. O padre tinha encontros frequentes com a vítima, com o consentimento dos pais. "Ajudava" o menino, que sofria de dislexia, nos estudos.

Também o da fotografia foi condenado a 15 anos de prisão por abuso sexual e homicídio.

Fonte 24Horas e BBC

*********

As condenações por crimes de abusos sexuais têm ocorrido em vários países
E eu a pensar que estes sujeitos andavam a estudar para pregar as boas acções.
Já não percebo nada, mesmo nada.
Mas não é de admirar pois o sacristão da minha paróquia, entretanto já falecido, quando eu andava na catequese volta e meia também se metia comigo... e com os outros miúdos. Felizmente que, pelo menos comigo, isso nunca passou dos tais toques genitais.
A criança de outrora, provavelmente com vergonha ou sem perceber bem o sentido do acto, calava-se.
Mas isso sempre foi do conhecimento genérico da população mas toda a gente, na altura, levava a coisa "numa boa" e... calava a boca.
Fascismo e Cardeal Cerejeira "oblige".

Misérias humanas... e religiosas.

17 comentários:

LCMarques disse...

Assunto explosivo, né meu amigo.

E vc já tomou conhecimento do polonês que está sendo caçado porque soltou um 'pum' ao ser questionado do que achava do seu Presidente?
Se a moda pega por aqui teremos que andar com rolos de papel higiênico nos bolsos...
Abraços e hoje é comemorado o Círio de Nazaré, em Belém do Pará.

cleber disse...

José Alberto
Coloquei um link do seu blog no meu. Estarei sempre lhe visitando. Um abraço

Ricardo Rayol disse...

Casar não pode mas abusar de menores sim. São uns cínicos cretinos.

Arauto da Ria disse...

ZÉ ALBERTO:
Pois é meu amigo, parece-me que já não é´só com boas intenções que vamos lá.Está tudo pervertido.
Não há valores na igreja, na politica, no desporto e sei lá que mais...
A falta de referências e exemplos como este e outros vão rebentar com a juventude que não esteja bem estruturada.
Olha amigo, ás vezes apetece-me ser anarca.
Um abraço.

Susana Barbosa disse...

José Alberto

Infelizmente, conclui bem, misérias humanas! Religosas e não só meu amigo.

Um abraço

Cris disse...

A igreja católica devia passar por uma evolução sadia e pensar no fim do celibato como forma de acabar com a hipocrisia reinante e os casos doentios resultantes da repressão (??!!) , afinal, sacerdotes são homens como quaisquer outros ...Bom tema reflexão...BJ e boa semana!.

Daniela Mann disse...

Que horror José! E pensar que já passou por um assédio desses...
Realmente este mundo está a ficar fora de controle!!!
Beijinhos e parabéns pela coragem de falar tão abertamente sobre este assunto.

Guilherme Roesler disse...

Mostardinha, meu amigo, a coisa está cada vez pior... Para ver só, saiu na BBC britanica um documentario sobre um documento chamado "Crimen Solliciatonis", em que o papa esconde embaixo do tapete estes crimes hediondos. É um absurdo! Abraços, Guilherme

Poemas e Cotidiano disse...

Oi Mostardinha,
Isso realmente eh REVOLTANTE! Ainda usar meninos, o que eh pior!
Que coisa mais horrorosa!
Beijos
MARY

Jorge Sobesta disse...

Caro Mostardinha,

Sem dúvida uma coisa monstruosa, mas o que esperar de homens que são obrigados a serem celibatários?
A igreja católica deveria acabar com essa imposição ( e outras mil, tão ridículas quanto ). O problema é que os padres tendo família iriam deixar herdeiros dos bens do Vaticano.

Um grande abraço.

Jorge Sobesta disse...

Caro Mostardinha,

Sem dúvida uma coisa monstruosa, mas o que esperar de homens que são obrigados a serem celibatários?
A igreja católica deveria acabar com essa imposição ( e outras mil, tão ridículas quanto ). O problema é que os padres tendo família iriam deixar herdeiros dos bens do Vaticano.

Um grande abraço.

Jofre Alves disse...

Agradeço as gentis palavras que deixou no meu blogue e visito mais uma vez com agrado esta interessante página pela sua qualidade e coragem nos temas. Até breve e boa semana.

Cfe disse...

Caro Mostardinha,

Cumprimento-lhe por sua coragem em denunciar tão baixo golpe.

Não é comum uma demonstração de coragem acerca desse assunto, pois não falta quem faça confusão ou pior: troça.

Finalmente entendo o porque de sua mágoa com a igreja, é o que depreendia de suas palavras quando tocava nos assuntos de religião.

Peço, como católico, que não confunda a ação de determinadas pessoas com a da Igreja como um todo. Em todas as os grupos, instituições, e locais existem uma percentagem de pessoas com desvios sexuais. A Igreja, feita por homens não poderia ser diferente.

Repare bem, no julgamento da Casa Pia, que todos os acusados pertencem as mais diferentes classes e procedências.

Uma afirmação feita aqui e muito comum na mídia, é a de que o celibato provocaria pedofilia. Não posso deixar de chamar a atenção para o ridículo desse raciocinio. Pode-se contestar a regra de não casar pelos mais diversos motivos, inclusive o de solidão e carência afetiva, mas nunca a de provocar um desvio de conduta a ponto de provocar interesse por uma criança.

Se alguem demonstra inclinação a relações com impúberes,
isso não é consequência da falta de um casamento, uma vez que casados mostram essas tendências tanto quanto solteiros.

As autoridades médicas ainda não sabem o porque de um adulto sentir atração por uma criança, mas não é por isso devemos ser condescendentes com tal crime, ainda mais cometido contra um incocente.

Se o padre espanhol cometeu tal crime, que seja julgado e pague por seus crimes; mas por favor peço que não condenem a igreja como um todo já que não são poucos os católicos, pelo contrário, que lutam contra essas agruras.

Mui respeitosamente,

Carlos Ferreira

Alice disse...

Ruim heim , caramba falta respeito ,falta tudo...infelizmente usam a religião para fazerem essas coisas , não tá feliz , sai , vai ter vida normal ( tentar ter ...) .
Bom dia
Bjins

veritas disse...

Olá José Alberto:

As boas acções dependem dos valores de cada um. Um padre é um ser humano, sujeito a todo o tipo de vicissitudes. Muitos deles até foram para o seminário por imposições familiares. É um assunto polémico, trata-se de sexualidade reprimida, a essência do problema encontra-se, também, nas estruturas da igreja. A solidão a que condenam os sacerdotes povoa-lhes o espírito de tentações e promiscuidade, aí deveria valer-lhes a força espiritual que tanto apregoam...

Bjs.

migas (miguel araújo) disse...

Viva meu caro
Misérias humanas... Sim.
Religiosas... Não.
Porque a religião, no caso, nada tem a haver, porque é totalmente contrária à pedófilia.
São um bispo e um sacerdote, de facto. Mas também são homens. E como tal os seus actos respondem por tal realidade.
Não se tome a parte pelo todo.
Porque políticos, homens das artes e do desporto, da justiça e do direito e de tudo o mais que quiser, também há, infelizmente, nesta problemática.
E alguém se insurgiu contra o desporto e os clubes, o teatro e a televisão, os tribunais e a advocacia, os partidos políticos?!
è condenável o acto, já por si horrivel.
Deem ser condenados os seus praticantes, sejam eles quem forem.
Mas só eles são responsáveis pela situação.
No entanto, não posso deixar de concordar que, para uma Igreja moderna, progressista e mais próxima da realidade do undo, deveria acabar o celibato. Por esta e por muitas outras razões.
Cumprimentos

CarpeDiemBeHappy disse...

Misérias humanas....ninguém está livre de não ter no seu país...em casa....etc...infelizmente é assim..

Acho que está na altura da religião católica evoluir em muitos aspectos, a começar pelo celibato que deveria acabar!

Beijinhos