=====================

 

Ideias para Blogger

Brasil, que futuro?

Written By Al Berto on domingo, outubro 29, 2006 | domingo, outubro 29, 2006

O Presidente da República Lula da Silva ganhou a eleição e vai governar o Brasil por mais 4 anos.
Digo governar o Brasil e não "governarem-se" á custa do Brasil.
Definitivamente, ficou provado que concorrer a uma eleição no Brasil carregando com o anátema da Opus Dei pode ter consequências desastrosas.
Geraldo Alckmin terá sido vítima desse "carimbo" que lhe colaram mal foi dado o "tiro" de partida para esta eleição.
Potenciais eleitores seus seguiram outras opções.

Não conseguindo sequer fidelizar a votação da primeira volta (turno), o que significa uma derrota em toda a linha, revelou-se um candidato frouxo e sem o perfil adequado para esta eleição que requeria um personagem "sem rabos de palha".
Um candidato mais incisivo nas denúncias das ilegalidades cometidas, mais esclarecedor quanto ao uso do dinheiro dos brasileiros que é desviado para a corrupção que só serve a alguns, na apresentação de soluções para a Educação, a Saúde e a Economia.

Não se poderá negar no entanto de que Alckmin foi penalizado por governações anteriores a Lula que pouco ou nada fizeram para combater o flagelo da pobreza e da falta de escolaridade.
Terá sido também "trucidado" pelos oportunismos da área política da sua candidatura.


Se a generalidade do povo brasileiro, tal como em Portugal, nos tempos em que a "cruz seguia á frente" foi sendo mantido inculto porque era assim mais fácil de governar, agora os tempos são outros e já não é com orações que o povão é "levado".
O papel da televisão, que entretanto se popularizou, é por demais evidente.

Esta eleição foi disso a "prova real".

Uma coisa parece certa, o Brasil que vai acordar pela manhã será o mesmo de ontem.
Um Brasil de contrastes:

- em que 1% dos 186 milhões de habitantes concentra mais riqueza do que metade dos restantes juntos;
- em que 14 milhões de pessoas não sabem ler nem escrever;
- em que 25% da população não tem acesso a água potável nem saneamento;
- em que 54 milhões sobrevivem com menos de 55 euros por mês;
- e em que 36 mil cidadãos foram baleados só no ano de 2005;


Lula sabe agora, finalmente, que já não será reeleito.
Acreditemos que este seu 2.º mandato seja completamente diferente do primeiro.
Será porventura um mandato em que a corrupção terá menos espaço de manobra e em que ele quererá limpar a péssima imagem que criou no país e no mundo esclarecido.
Façamos votos para que assim seja.
O Brasil merece.

43 comentários:

Ricardo Rayol disse...

Caro Mostardinha, numa análise como a que fez fica muito claro o despropósito da indicação tucana ao pleito. Complementaria com a idéia de que em 2010 não haverá Lula e ninguém o poderá substituir. Nesse caso Serra e Aécio fizeram jogo de cena e ficaram na moita até lá pois a certeza de vitória é enorme. A não ser que Lula consiga a façanha de se dissociar da ilusão que criou de "pai dos pobres" e eleja outro em seu lugar. Bom, teremos mais 4 anos de trabalho.

Guilherme Roesler disse...

Mostardinha,
Agora temos que esperar para ver no que esta reeleição. Mas particularmente não espero coisas boas... Infelizmente. Abraços, Guilherme

Beto Santos disse...

José Alberto, obrigado pelos parabéns. É, mais 4 anos de Lula...
Bem, pelo menos serão mais 4 nos de piadas garantidas... Grande abraço.

Valter Abrucez disse...

Eu não me surpreenderei se, em 2010, por interesses inconciliáveis, Serra e Aécio não estiverem disputando, entre eles, a sucessão de Lula. Não desconsidero a hipótese de que Aécio procure abrigo sob outro telhado para se garantir candidato. E aí os dois abrem caminho para um terceiro governo petista, sabe-se lá se com Marta (credo), Jacques Wagner, Ciro Gomes...

Arauto da Ria disse...

Mostardinha,estou espantado com os conhecimentos de estatisticas do Brasil.Mas vamos incutir fé nos nossos irmãos e pode ser que o homem se lembre das suas origens e faça alguma coisa por este maravilhoso Povo
Um abraço

José Alberto Mostardinha disse...

Meus caros amigos:

Atenção há análise, sempre muito lúcida, feita pelo Valter Abrucez.
É de facto pertinente a conjuntura que explora... ainda que eu não queira acreditar nela. Seria demais.

Caro Arauto, quando comecei, algumas semanas atrás, para mim o Brasil era samba, futebol e lindas prais para passar férias.
Reconheço que hoje é diferente.
Hoje já consigo ter algum conhecimento da situação.

Nós só podemos gostar e admirar o que conhecemos.
É isso que acontece comigo.
Os meus agradecimentos a todos os amigos brasileiros que me têm ajudado e encorajado nesse sentido.

cleber disse...

Prezado Mostardinha
Sua analise demonstra que conhece bem a nossa realidade. Toda sociedade precisa se juntar neste segundo mandato do Lula e deixar claro desde já que não tolera a corrupção, as falcatruas e que sobretudo quer que o presidente Lula relembre as suas origens e trabalhe para diminuir as diferenças entre pobres e ricos. Que ele invista de forma contundente na educação, na cultura, na saúde, áreas tão carentes em nosso país. Obrigado pelas palavras e contamos sempre com o talento da sua comunicação sempre precisa...

Saramar disse...

José Alberto, boa noite.
Sua análise sobre a atuação de Alckmin na campanha política é muito correta. Ele foi muito cordato, possivelmente porque seu partido também é eivado de erros.
Quanto a este segundo mandato de Lula, não tenho ilusões. Creio até que pode ser pior, a começara da falta de programa de governo, oque já é um indício de fracasso.
Junte-se a arrogância infinita dele e do seu partido e teremos o desastre.
Porém, creio que a sociedade brasileira estará mais atenta aos atos do governo, pelo menos é o que espero.
Obrigada por suas sempre lúcidas análises.
Beijos e bo semana para você.

Stella disse...

análise perfeita, Geraldo perdeu por não ser conhecido, por não ter tido um ótimo marqueteiro, por não ter tido apoio do seu partido e do PFL, e principalmente por não ter tido a coragem de enfrentar FHC. São poucos os que tem coragem de dizer que FHC fez um péssimo governo.
Para 2010 aposto em Aécio, Serra, Ciro e Jaques.
Vai ser uma briga boa para o continuísmo, pois uma ruptura só com apoio popular, o que é improvável.
E quanto esses 4 anos de Lula ...... serão provavelmente como os anteriores.

Cfe disse...

Caro Mostardinha,

Desculpe a tomada de espaço, mas
trancrevo uma parte de uma newsletter que recebo regularmente, o autor é Céssr Maia, prefeito do Rio de Janeiro, que é reconhecidamente o maior especialista em eleiçoes no Brasil ( até seus opositores leh reconhecem isso)
Obs:
1º)pertencente ao PFL, ele expos ao partido em 2005 que o o Nordeste seria a mola propulsora do Lula, ninguem ligou;
2º)Foi a favor da indicação de Serra;
3º) foi contra a estratégia do seu partido e do PSDB de sangrar a candidatura do PT até a eleição. Achava que devia ser pedido logo o impeachment.

INFORMAÇÃO e OPINIÃO -IOCM- !
ex-Blog do Cesar Maia 29/10/2006
------------------------------------------------------------------------------------------
O QUE FEZ LULA AMPLIAR A DIFERENÇA QUE TINHA NO PRIMEIRO TURNO?

1. Dizem os historiadores que -em geral- a história é contada pela versão do vencedor. Nas eleições não é diferente. A versão do vencedor nesta eleição será a da polêmica das privatizações e do superior programa de TV, com cheiro de Duda Mendonça, por trás dos panos. Mas a série Data-Folha não ratifica essa versão.

2. A eleição -no primeiro turno- ocorreu no dia 1 de outubro e nela Lula bateu Geraldo por 7 pontos, incluindo brancos e nulos: 44% a 37%. Os demais candidatos somaram 9%. Na primeira pesquisa Data-Folha no segundo turno -dia 6- o resultado foi 50% a 43%, os mesmíssimos 7 pontos de diferença. Vale dizer: Lula e Geraldo dividiram o crescimento tendo ambos crescido 6 pontos.

3. Os programas de TV entraram na quinta-feira dia 12 de outubro. Dois dias antes o Data-Folha fechou uma pesquisa e a diferença havia subido para 11 pontos. O primeiro debate,o da BAND ocorreu dia 8. A polemica da privatização ainda não havia se espalhado. Nos dias 16/17 com apenas 4 programas de TV, e ainda sem a polêmica da privatização em campo, e ao final de um feriado longo, Lula abria 19 pontos: 57% a 38%. Este número é quase exatamente o mesmo das pesquisas seguintes e da de ontem, com mais onze programas de TV e mais três debates e com a polemica das privatizações se espraiando.

4. Que fatos novos ocorreram antes da diferença subir no dia 16 para o patamar de hoje ? O debate da BAND. Mas será que um debate na TV num domingo a noite com audiência média na Grande SP de 14%, e suas repercussões nos dias seguintes , pode explicar esta maior angulação a favor de Lula ? Esse Ex-Blog não acredita nesta possibilidade.

5. A versão desse Ex-Blog se calca nas idéias de Gabriel Tarde,( já aqui apresentadas de forma condensada). Tarde foi o pai da micro-sociologia no ultimo quarto do século 19. Para ele a opinião pública se forma por contaminação,( "les lois de l'imitation"), através de fluxos de opinamento na base da sociedade. Na sociedade de hoje este processo pode ser acelerado pela coincidência desses fluxos de opinamento na base e do fluxo de informações da TV.

6. Estes fluxos eram favoráveis a Geraldo no final do primeiro turno e foram interrompidos ou desacelerados, pela imobilidade de sua campanha na primeira semana, e pela preferência que deu às fotos com políticos. O ideal era ter "ajudado" este fluxo, saindo no dia 2 para tomar cafezinho no centro de Recife, e de Fortaleza, etc....Salvador,...BH,..Rio,....tendo a natural cobertura da imprensa local. Ao ficar imobilizado entre políticos, o resultado do primeiro turno foi sendo cristalizado como se a eleição tivesse terminado ali.

7. O que fez o PT ? Bem, o que esse Ex-Blog vai afirmar aqui ele imagina ter ocorrido em muitas cidades, embora só em três grandes cidades pode afirmar. O PT assumiu compromissos publicitários com meios de comunicação populares e regionais, nessas cidades, que iniciaram um processo de exaltação de Lula, de defesa de Lula e de ataque à imagem de Geraldo. Os pesquisadores terão tempo para fazer esta pesquisa e comprovar para muitas cidades o que esse Ex-Blog acompanhou em três.

8. Por outro lado, o eleitor final de HH e Cristóvam, era o núcleo duro de suas candidaturas. HH chegou a 12% e terminou em 6%. Nos últimos dias, o núcleo mole dela passou para Geraldo que cresceu 3 pontos acima de sua tendência, com HH caindo de 9% para 6%. Ora, a tendência desse núcleo duro era votar com suas raízes e portanto apontar para Lula. Para que isso não ocorresse a campanha de Geraldo teria que dar razões fortes para não haver essa migração. Além de não as dar ainda cometeu gestos imprudentes como no caso do Estado do Rio -concentração dos votos de HH- onde deu as justificativas ao eleitor de HH e Cristovam,( somando no Estado do Rio uns 20%), para perceberem a candidatura de Geraldo como à direita. Esse Ex-Blog chamou o ato de BEIJO DA MORTE !

9. Nunca processos de opinião são puros. O provável é que a agregação dos três vetores listados acima,( itens 5, 6 e 7), explique este aumento da diferença de 7 para 19 pontos em 15 dias, definindo um patamar que está sendo rolado até a véspera da eleição.

10. Uma lição para aqueles que acreditam na intuição e nas aparências e na marquetagem.

Cfe disse...

2ª parte

Meus caros,

Ganhou, tá ganho! Sem essa de que "não é meu presidente". Ele, nem os anteriores foram nossos presindentes. É, ou foram presidentes do Brasil.

Só porque não votamos nele, não vamos afirmar sandices. Podem dizer, ou pensar:"mas eu não quero ele como meu chefe...". Nem tem de querer, pois a maior parte de nossos chefes não são escolhidos por nós.

Alguem duvida que ele foi ladrão e incopetente?

Mesmo com essa votação, aposto que se fizessem uma pesquisa poucos duvidariam. Até mesmo os seus apoiantes.

O problema foi conseguir convencer a maior parte do país de que a oposição faria melhor se estivesse no governo: a resposta foi não!

Provavelemente, ficará como caso de estudo para diversas ciências sociais o que se passou nessas eleições. Não houve burrice que os petistas não fizessem. A esmagadora maioria dos números de governação são melhores no governo FH do que do Lula.(exemplo: comparando a performance do Brasil com outros países, durante os doís governos separadamente, perecebe-se que o de FH foi muito melhor, só que num periodo recessivo mundial ao contrário do petista que situa-se num período expacionista).

Com tantos e tão bons motivos para mudar, porque a maior parte da população preferiu eleger Lula?

Resposta: o Lula conseguiu passar seu mensagem e a oposição não.

Nisso ele é competente.

PS: Pode ser presidente, mas não é por isso que vou deixar de tacar pedra...

Continuam não faltando motivos: temos aí o exemplo do ultimato da Bolívia a Petrobrás; e a construção e financiamento de 5 bases militares pela Venezuela em território boliviano - uma para cada vizinho.

Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba disse...

Caro Mostardinha!!!

Em primeiro lugar quero te agradecer por tua presença sempre muito bem vinda em meus espaços e que eu não tenho tido conições para retribuir à altura e como gostaria, mas que não deixo de ser extremamente agradecida. Tampouco me esqueci de ti e desse teu espaço sempre muito instigador, mas não tem sido mesmo nada fácil manter-me presente, mas voltarei em breve.

Eu ainda não dormi e o dia já amanheceu e hoje, especialmente, com o gosto amargo dessa viória, onde o grande perdedor, obviamente, será o povo brasileiro. E não falo isso, contando por cestas básicas, bolsas família, bolsa escola, bolsa gás, bolsa merenda (as bolsas deles eles trocaram por malas!!!), como fazem os devotos do PT ou desse presidente que conseguiu fixar-se por mais quatro longuíssimos anos, mas sim pelas perdas irreparáveis de postura e caráter e pela institucionalização e banalização do crime no comando de uma nação. Sinceramente esse senhor não merece de mim, nem mesmo mais um comentário sequer, pois definitivamente tenho vontade de vomitar a cada vez que eu o ouço falando as asneiras hemorrágicas que lhes saem feito avalanches pela boca à fora... Agora a pouco, em seu primeiro discurso improvisado - e ele adora um desses - ele teve o disparete de dizer que o MERCOSUL vai tornar-se muito mais grandioso e sólido, pois vai abranger da TERRA do FOGO à PATAGÔNIA... Santa aulinha de geografia... E olhem que ele teve muito tempo para fazê-las e poderia tê-las feito praticamente in loco e bastava olhar para baixo ou ao menos ser um tantinho mais observador, pois foi sem a menor sombra de dúvidas, o presidente que mais viajou pelo mundo à fora, com a belíssima aeronave adquirida com nosso dinheiro público!!! Aliás, o maior mal dos brasileiros é não perceber e não entender que esses senhores não são nada mais do que nossos empregados de luxo e que devem e precisam andar em linhas retas e que somos nós, seus patrões diretos, que devemos cobrar deles a postura cabível. Mas não... Brasileiro pensa com a religiosidade metida sempre em seu dia a dia..."Assim Deus fez...Assim Deus resolveu"... E assim também, fugimos de nossas responsabilidades pessoais e cívicas. Foi por nossa culpa sim!!! Somente!!! Se não pela minha - que felizmente não tenho um amendoim no lugar do cérebro - mas pela esmagadora maioria e 62% de uma nação continental feito essa e isso é um feito de merecer respeito. Ou pelo menos devemos nos manter atentos...
Eu não escolhi esse senhor e não me colocarei no lugar de vítima pela famigerada vontade divina!!! Tampouco escolheria o candidato Geraldo por livre e espontânea vontade, pois ele era apenas o menos ruim, mas sem sombra de dúvidas, o mais preparado. Esse ao menos estudou e possui uma trajetória política. O outro não passou de sindicalista e sindicato é para mim mais ou menos uma fábrica de parasitas. Ninguém trabalha e ttambém não estudam e poderiam, pois há sempre tempo de sobra, mas que eles usam para fazer outras coisinhas... Caso não tivesséssemos um senhor Lula a tentar uma segunda temporada, eu também não votaria no senhor Geraldo, mas votei nele, a despeito da aberração que é o OPUS DEI. Mas não podemos deixar de pensar que mesmo o Pus Dei sendo o fim do mundo, ainda temos o senhor Lula como o outro protegidíssimo da igreja católica e ele tem o apoio ferrenho das organizações dela, como Pastoral da Terra e coisas dessas e como sabemos, a igreja sempre governou sob a cortina esfarrapada da fé!!!

Pois é com essa mesma fé, traduzida na confiança de que cada ação corresponde a uma reação, é que espero que cada brasileiro que foi depositar seu voto nas magníficas urnas eletrônicas e quase surreais desse dia que entrarpá para a nossa história - que num país desse tamanho e em uma razão de no máximo 3 horas, já tinha o resultado final dos candidatos eleitos, apurados - que possam colher os frutos de suas escolhas... Que esses frutos amadureçam e apodreçam nas mãos dos que pensam apenas com o imediatismo e o egoísmo, capaz de conduzir um ato que trará resultantes a todos, como se ele pudesse ser visto apenas como uma consequência individual e unilateral...

Mas fique certo que serviu... Aprendi mais um pouco e também passei a desprezar um outro tanto...
E definitivamente meu querido amigo, cada país tem mesmo o governo que merece e nesse país não se faz ciência política. Se faz conchavos e acertos politiqueiros e isso está provado e a partir de agora, instituído!!!

Nada como uma boa e fanfarrona corrupção, para eleger e garantir cargos milionários e atitudes cada vez mais bizarras e desprezíveis...

Sou brasileira sim e com muito orgulho, mas não me vendo e cobro e sempre cobrarei pelo que é meu e pelo que me pertence e o Brasil pertence a todos os brasileiros desse meu país, embora eu desejasse que todos pensassem nessa terra, no povo, na gente, como um todo, sem indiferenças, sem protecionismos, sem migalhas e favores pessoais. Sem a humilhação de esmolas e com a convicção de que uma nação se faz com direitos e a participação de todos, por um bem maior...

Mas ele ganhou pela esmagadora maioria e contra isso nada se pode fazer. Ele é o presidente do Brasil sim, mas NÃO É MEU PRESIDENTE!!! Não é MESMO, pois um presidente, é como um pai e pai, é quem nos ensina, quem nos protege, quem nos mostra caminhos e quem nos conduz com segurança, por eles... E isso esse senhor jamais poderá fazer!!! E eu não o aceito e nem o quero nem mesmo como pai dos meus fiéis cães de guarda!!!

Eu poderia ficar aqui escrevendo horas, mas de nada valerá...

Mas quem sabe, isso um dia mudará...

Beijinhos e obrigada por tua agradabilíssima presença!!!

Cris

Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba disse...

Resolvi que vou colocar o que aqui te escrevi, lá no Trilhas...
Afinal eu percebi agora que isso não é um comentário e sim, um grande lamento e não é apenas pela vitória do Lula e sim, pelas enormes perdas e de amplos sentidos, de toda uma nação.

Beijos pra tua semana!!!
Cris

Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba disse...

E tem mais...

Um dos fatores que contribuiram para o Lula vencer as eleições, é a convicção com que ele desdobra os seus eleitores - e a grande maioria, todos muito ignorantes e crédulos - e ele convence a todos ou quase, de que ele é uma vítima... Tadinho dele!!!
E ele teve também um bom diretor de cena... O marketeiro de plantão fez bom papel e os recursos para tal, certamente rolaram soltos!!! Para além disso, o senhor Lula fala tão ou mais errado que a maioria do povo e emprega com fluência, a linguagem errada e praticada pela maioria e fundamentalmente o uso do aborto sistemático das palavras no plural. Esse efeito espelho deve ter contribuído para a elevação da auto estima do brasileiro que não consegue sair da rés do chão, desde o final da ditadura... Ou desde de sempre... Sei lá!!! Mas é sim esse, um dos fatores que sem dúvida contribuiu também para que o povo se identificasse com ele e não com o Geraldo, que afinal, é DOUTÔ!!! E sim uma das razões que também contribuiu e provocou a reeleição do Lula, afinal ele ELI FALA E NOIS INTENDI TUDINHO... OU CASI TUDO, POIS ELI É MAIS PRIPARADU QUI NOIS, POIS ELI É U PRESIDENTI E ELI SABI FALÁ E NOIS NAUM TEMO ISTUDO E NEIM INTENDEMU U CERTO QUE ELE DIZ MAIS ISSU POCU IMPORTA. BASTA PRA NOIS É TE A CUMIDA I ISSO ELE TEM DADU A BOLSA DIREITINHO E NOIS COMI TUDIDNHO... NOIS NUM PODI É PERDE A BOLSA...

E ao que me parece ele, o DITO, por causa da BOLSA e das muitas bolsas, ganhou a corrida e o povo esqueceu de vez, das MALAS!!! Ou seria melhor dizer aqui, que o povo esqueceu-se de vez dos MALAS...

Pois bem...
Mais beijos!!!

Cris

Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba disse...

Desculpas pelos erros na digitação, mas estou caindo pelas tabelas e além disso, o comentário saiu em dobro!!!Apaguei um...

Por hora me basta!!!
Vou dormir e sonhar com um outro país...
Dizem os esotéricos, que somos responsáveis pela escolha de nossos pais e eu então me pergunto: e será que também somos responsáveis pela escolha do lugar onde nascemos???

Acho que nascer no Brasil é mais ou menos como um nascimento de proveta!!! Nem pai nem mãe...

Cris

José Alberto Mostardinha disse...

Viva Carlos Ferreira (cfe):

Penso que a análise está muito interessante.
Diria só como acrescento de que uma eleição presidencial é, pela sua própria natureza, muito personalizada no candidato.
Este, ou é um verdadeiro "animal" político no bom sentido do termo ou, tendo um adversário com essas características, sofrerá as consequências de o não ser.
Em certa medida foi isto que se passou.

Para ser franco nunca vi no Alckmin esse tipo de candidato.
Poderá ser um excelente político até um determinado nível na política mas que não tem "pedalada" para uma disputa para presidente da república.

Sorriso muito tímido, acanhamento sem sentido, convicção muito pouco convincente, empatia muito difícil com o "povão" e, sobretudo, uma imagem de muito colado á classe média-alta brasileira.

Estas suas características, independentemente do marketing da campanha, sentenciaram o resultado.
A tal ponto que se fica com a sensação de que quanto mais campanha houvesse menos votos ele teria.

Esta situação é paradoxal e diz bem que ele não deveria ser o candidato alternativo.

Para qualquer candidatura daqui a 4 anos ela teria de ser construída a partir de agora.
Deveria surgir de consensos, e compromissos, sérios e solidários.
Deveria ser primeiramente traçado o perfil e depois escolhida a pessoa.
Na melhor das hipóteses deveria ser um político que estivesse estes 4 anos fora do exercício político de qualquer cargo e que conseguisse afastar a sua imagem de qualquer colagem aos partidos existentes realizando, ao longo do período, contactos directos com as populações.


Como, pelo pouco que conheço da política brasileira, isto é praticamente impossível de acontecer, não vejo grande futuro nesta área política quanto a uma candidatura forte nessa altura.

Um abraço,

Anónimo disse...

A bem do Brasil e do seu povo espero que desta vez Lula tenha tomates para reformar o que precisar de reforma e fazer avançar o Brasil.Boa semana.

Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba disse...

"Para qualquer candidatura daqui a 4 anos ela teria de ser construída a partir de agora.
Deveria surgir de consensos, e compromissos, sérios e solidários.
Deveria ser primeiramente traçado o perfil e depois escolhida a pessoa.
Na melhor das hipóteses deveria ser um político que estivesse estes 4 anos fora do exercício político de qualquer cargo e que conseguisse afastar a sua imagem de qualquer colagem aos partidos existentes realizando, ao longo do período, contactos directos com as populações".

Eu aqui a meter minha colher na panela alheia, mas enfim... Não resisti!!!

nada disso que dizes, funcionaria aqui. Veja bem o que dizes:

"Deveria surgir de consensos, e compromissos, sérios e solidários".

O que significa CONSENSOS???
E COMPROMISSOS??? E... SÉRIOS??? SOLIDÁRIOS??? Afinal, de que país estás tratando???

Não meu querido amigo. A palavra poltica aqui possui um outro sentido e nem é bonito de ser citado... Mas sei que podes me entender...

E o canditado a presidente, não precisa de ser um artista de cinema e nem tem de ser um homem popular. Precisa sim é ser de caráter e o bastante para se portar dignamente frente a aberrações feito essas vividas no Brasil nesse último ano é ser um POLÍTICO de verdade e ao ponto de não se envolver nas malhas deixadas por seus comparsas!!! Eu no lugar do senhor Lula, teria repudiado imediatamente um partido feito esse dele, caso eu viesse a descobrir as falcatruas que ele descobriu(???) e jamais me colocaria a defender canalhas semvergonhas como ele fez e quando não o fez, manteve-se omisso. E escola de formação de políticos, nós não temos, pois não possuimos história de formação na área. Os petistas e mais algusn soltos, até acreditam que ser de um sindicato, é o mesmo que fazer carreira política, mas há muitas pessoas que pensam muitas coisas e há até atores de filmes pornôs, que se acreditam na carreira política... E como aqui, são eleitos...

Beijinhos!!!
Cris

Jorge Sobesta disse...

Caro Mostardinha,

Creio que o governo do PT nesse segundo mandato será diferente apenas no aumento da corrupção.
A coruupção foi a grande vencedora neste segundo turno. Lula e sua quadrilha vão pilhar, saquear, limpar os cofres públicos e fazer um estrago tão grande no país que serão necessários muitos anos para consertá-lo.
Não podemos fazer nada a respeito. O povo assim desejou.

Um abraço.

Santa disse...

Meu querido brazilianista,


Acertou! O Brasil "moderno" ainda é movido a messiânicos e marqueteiros tal qual nas sociedades mais primitivas e atrasadas. E será, ainda por muitas décadas. Esta oposição errou porque foi covarde - se não conseguiu limpar o Brasil no epicentro da fraude, da corrupção, do crime, e mais recentemente nos últimos escândalos: desvio de dinheiro público; da armação do dossiê; ministério da justiça aparelhado, etc. Jamais conseguirá, sobretudo quando o "home" teve maioria popular.
E não me venham falar de povo pobre. É o mesmo que elegeu ditadores históricos e mais recentemente FHC, hoje elege mensaleiros confessos. O problema do Brasil hoje não é Lula que acoberta a praga da corrupção. Sem a menor sombra de dúvida é o "POVO".
Bjs

Cfe disse...

Cara Cristina (Lâmina d´agua),


Como vai Floripa?

Quem pede desculpa por me intrometer agora sou eu. Acho melhor se acalmar, pois não vale a pena irritação por pessoas como aquelas. Acha que elle chegava lá se houvesse trairas como o Aécio Neves?

Como dizia o poeta Carlos Drummonde de Andrade: "Bendito aqueles que não almejam a entender política, religião e futebol".

Uma coisa é nós querermos o ideal outra é o possível. As pessoas só aprendem com os erros.
Veja o caso português: como presidente e 1º ministro tem duas pessoas pouco dadas a sorrisinhos, mas para isso foi preciso espatifar as finanças públicas...

Eu já havia dito num blog dum conterranêo seu, Orlando Tambosi, que o Alckmin parecia que ia casar e o Lula que estava numa festa, durante os debates. E isso não é o perfil adequado para conquistar as massas.

Julgo que poderá não aceitar porque, e mil perdões pela franqueza, provavelmente terá uma visão mais europeísta dada o estado que habita, muito bonito por sinal. Não estou desfazendo dessa visão, até porque gosto de SC justamente por isso.

Mas em boa parte do Brasil a cultura é outra, e digo isso porque sou natural daquele faz a sintese e a transição da cultura europeia para a afro: o Rio. Já sei, já sei: RJ não é exemplo pra ninguem...

O mundo não acabou e ainda vai dar muitas e muitas voltas. Não há nada escondido e falso que não seja revelado com o tempo. O ocaso da estrela do PT começa a partir de agora. Contribua para isso, não esmoreça.

Por enquanto cuidemos de nossas vidas porque o que eles querem é: confusão e divisão.

E não vamso dar esse gostinho para eles, não é?

Cumprimentos,

Cfe

Tiago Motta disse...

Um amigo meu sempre diz: Cada povo tem o governo que merece: Povo de merda, governo de merda. Temos quatro anos para convencer o nosso povo a deixar de ser um povo de merda...

Anónimo disse...

Em primeiro lugar, quero agradecer a tua visita e o simpático comentário que deixaste no meu cantinho.

Quanto à situação no Brasil, confesso que não estou muito informada. Apenas recordo que há uns tempos atrás vi um documentário que me chocou bastante pois referia-se à insegurança vivida em muitas cidades daquele país. Nunca imaginei que para circular tranquilamente de automóvel este teria de ser blindado nem as casas terem uma tão apertada segurança.

Através do teu post fiquei a conhecer outros aspectos negativos. O Brasil é um país de grandes discrepâncias. Receio que em Portugal se venha a observar a mesma situação. Temos uma classe média em grande dificuldade. Não quero caminhar para um país de pobres e ricos... Espero que esta crise profunda seja ultrapassada.

Mais uma vez obrigada pela visita.

Beijinhos.

Vera disse...

TENHO SEDE DE JUSTIÇA, MESMO QUE TARDIA!

Caros amigos,

Aqui estou a pedir desculpas humildemente, por ter me visto obrigada a excluir a possibilidade de comentarem no meu blog. É que ultimamente, o meu humilde bloguinho vem sendo atacado pela 'ignorância atrevida de um petralha' mal-educado. Me perdoem. :-) Bjs

CAntonio disse...

Caro Alberto,

Desculpe-me discordar quando você diz "Opus Dei". Seria muito extenso falar sôbre a Opus Dei, que conheço bem.

Tarso Genro quando citou Opus Dei, esqueceu-se de alertar ao povo que ele e seu partido são favoráveis às execuções em Cuba. Sentem saudades de Stálin - outro bondoso homem -.



Alckmin perdeu porque o caráter do brasileiro também está perdido em algum lugar insondável.

A conivência da nossa mídia "comprável" ainda vai nos levar à uma Cubanização do Brasil.

Sds,

José Alberto Mostardinha disse...

Olá Cris:

Admirei a tua análise.
Colocaste muita sinceridade no que disseste e isso, para mim, tem muito valor.
Como o Carlos Ferreira (cfe) diz, não te deixes abater e mantém o teu astral bem lá em cima.

Todo o bom brasileiro tem de insistir que é necessário dar instrução ao seu povo.
É aqui que reside a solução.
É preciso pôr o povo a pensar pela sua cabeça e não pela de outras pessoas, sobretudo se de maus princípios.

Tal como Cristovam Buarque sempre insistiu, ao ponto de o criticarem, sem uma educação mais efectiva o Brasil encontra o seu futuro seriamente ameaçado.

Um beijo,

José Alberto Mostardinha disse...

Caro CAntonio:

Sobre o que refere quero salientar que me limitei a focar uma das várias e possíveis condicionantes do mau resultado do Alckmin.
Uma constatação de facto e não uma opinião.
Por dever de consciência tenho de lhe dizer que, pelo resultado final, é minha convicção de que beneficio não terá tido.

Um abraço,

Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba disse...

Caro cfe!!!

Não tens de me pedir desculaps por absolutamente nada do que me foi dito... Pelo contrário, pois entendi como um carinho. Uma abraço amigo. E fique tranquilo que não estou irritada e sim enojada e triste.
Vivi num meio onde o esclarecimento político, era borbulhante. Sei que a família de meu pai era privilegiada, mas a minha avó materna, era uma campesina, fazendeira em terras gaúchas e trabalhava no campo para o seu sustento e de seus filhos e isso lá bem atrás no tempo, onde a comunicação era muitíssimo precária. Minha avó tinha terras, mas era analfabeta, tal qual muitos dos brasileiros que vivem nas lavouras espalhadas pelo Brasil e desde o sertão escaldante do nordeste, até as terras geldas pelos ventos ruidosos do sul e minha avó aprendeu a ler escrever seu nome e algumas palavras, sozinha... Mesmo sem conhecimentos didáticos, minha avó era brilhante. Mesmo falando palavras erradas, característica de pessoas do campo, o seu raciocínio lógico era brilhante... Seus argumentos eram brilhantes... E sabes, eu entendi somente agora que a diferença dela para os muitos brasileiros que hoje se encontram nas mesmas condições de minha avó materna, em termos sociais e estruturais, está fundamentalmente no caráter!!! E isso ela tinha para dar e vender!!! Aliás, ela distribuiu isso e muitíssimo bem!!!

Eu não fiquei irritada, mas fiquei sim com um profundo sentimento de derrota e com um outro sentimento que embora eu não saiba te explicar a razão, penso que saberás entender o sentido... Eu me senti extremamente envergonhada!!! Eu estou muitíssimo envergonhada!!! Vergonha por um estado de coisas que sei, não mudará tão cedo, a menos que o comportamento dos brasileiros, mude sibstancialmente e isso não acontecerá. Eu não estou me sentindo derrotada e nem frustrada pelo Lula ter ganhado e sim e muito frustrada, por ter percebido somente agora, o tipo de brasileiros que se espalham pelo país e todos ao nosso redor... Sim, pois alguém que vota em troca de uma sacolinha de mantimentos baratos e que se fundamentam essencialmente em farináceos, ao invés de votarem exigindo uma condição de respeito, não merecem que eu me irrite por eles e nem por ninguém. Só lamento mesmo é pelas crianças, essas que pagarão o preço pela malamdragem brasileira... Pla falsa esperteza e pelo contínuado sentimento de levar vantagens. Não sou contra a auxílios aos necessitados, mas desde que ele venha acompanhado de uma educação e de um sentido cível, coisa que partidos políticos desconhecem. E minha avó paterna, uma judia que na época em que as amostras de tecidos eram enormes e eles possuindo uma grande loja de tecidos importados em São Paulo, recebiam amostras enormes de tecidos finos e então ela, vendo aqueles pedaços ´de sedas, montou uma fábrica de gravatas!!! Ela contratava mulheres que costuravam e mascateiros que saiam a revender o produto advindo das amostras... Pois esse minha avó costuma dizer que dermos uma esmola a um pobre que é são, ou matamos o vivente de vergonha ou então, acabamos viciando o cidadão!!! E para mim, os brasileiros estão viciados!!! Comprovadamente viciados!!! E o Lula, esperto e astuto como ele só, percebeu o onde estava o filão...

Mas fique tranquilo que não perderei mais meu tempo falando dessas gentes.

Me escreva sempre que desejares e eu já tentei te escrever, mas não pude, pois não tens blog. Se desejares, poderás me escrever para laminadagua@gmail.com

Beijinhos,

Cris

veritas disse...

Olá José Alberto:

Ouvi alguém dizer que, no fundo, os pobres votaram em Lula da Silva, porque se sentiam agora menos pobres. Para o Brasil, esse povo irmão, onde tenho alguns familiares que para aí emigraram nos anos 50,envio votos de muita força, esperança, para o que der e vier.

Bjs.

efe disse...

Acompanhei com surpresa o modo como atacavas o Lula e como parecias favorecer o candidato da direita. Felizmente português de direita não vota no Brasil, de contrário lá teria o candidato da "opus" o voto do Mostardinha. O Brasil, pais que conheço razoavelmente, não te leu e não te seguiu. Foi mesmo votar Lula contra a direita, contra as oligarquias, por um Brasil mais justo e com menos pobres.
Corrupção? Pois...mas isso não tem a ver com Lula directamente. É endemica e se pensares que a direita esteve no poder dezenas e dezenas de anos e a corrupção foi o que se viu...achas estranho que não tenha parado com Lula?
Sejamos realistas, não convem pedir o impossivel.

José Alberto Mostardinha disse...

Viva efe:

Se achas que ser crítico da corrupção e do compadrio é atacar o Lula... és capaz de ter alguma razão.
São coisas que abomino.

Quanto á questão do endémico... mais devagar.
O que dizes, por outras palavras, é que é tudo igual portanto deixamos andar as coisas como é "normal".
Eu não me revejo nessa "filosofia".

Quanto a apoiar o Alckmin... mais devagar também.
Compreenderás que, na minha posição, não tenho que apoiar quem quer que seja.
Isso não me retira a possibilidade de opinar.

Se recuares um pouco nos artigos colocados verás que faço uma única referência mais destacada aqui no EG e refere-se ao Cristovão Buarque do PDT...

Educação meu caro... educação para o povo, era a sua prioridade.

Um abraço,

Ricardo Rayol disse...

Mostardinha, no dia em que votou no meu blog votei no seu. Não sei o que aconteceu considerando que soemnte hoje consegui me achar de novo lá naquele site. Peço desculpas pelo erro dos outros...

Susana Barbosa disse...

Caro José Aberto,

Sou muito céptica em relação à postura e às políticas de Lula... gostava muito de acreditar que as coisas irão melhorar no Brasil, o povo brasileiro merece melhor, mas não creio, não creio mesmo que tal aconteça.

Boa semana e um abraço

Anónimo disse...

Talvez o autor não tenha visto o discurso de Lula no "YOUTUBE". Entre no site e digite "LULA POSSE" e assista O video e tire suas conclusões.

Anónimo disse...

Perfeito! Adorei!
Bembolado.
Um abraço,
Letícia

Anónimo disse...

Parabéns! Gostei muito e do seu blog também. Um abraço,
Helena-BH - Brasil

Cfe disse...

Cara Cristina,

Se a eleição do Lula serviu para que você (e muitos outros, com certeza)adquirissem consciência daquilo que são, então terá valido a pena termos sofrido esse infortúnio.

Só através da adversidade que conseguimos dar passos firmes, pois procuramos equilibrar nosso corpo ante um vento que insiste em nos derrubar.

PS: Não vou comunicar por e-mail simplesmente porque minha querida esposa (portuguesa) vai querer saber quem é essa "brasileira que se chama Cristina". E você sabe que pior que petralha, só ciúme de mulher.

Daqui a algum tempo meu irmão irá visitar Floripa para conhecer e talvez, se Deus quiser, morar aí.

Cumprimentos,

Cfe

---------------------------------
Mostardinha,

Esse seu post está muito interessante. Meus Parabens!

Peço que me trate por Cfe, e não pelo meu nome. Você não sabe dos que os petistas são capazes...

Escrevo em muitos blogs, procuro ser contudente, por isso não tenho blog próprio. Como tento fornecer dados concretos os lulistas espumam de raiva pois contra fatos não há argumentos.
Comportam-se como uma torcida /claque de futebol; ainda ontem recebi notícias de que um familiar gozava com meu irmão dizendo: "o homem (lula) é que nem teflon: não gruda nada"

Por agora, devido a distância, por morar no exterior a única coisa que sofro são com os vírus que enviam mas tenho notícias de que muitos estão com problemas diversos.

Cumprimentos,

Cfe


Cumprimentos,

Cfe

-------------------------------
Esclarecimento:

O comentário introduzido po EFE sugere que Lula antagoniza com as oligarquias.

A única oligarquia que fazia oposição a Lula foi derrotada. A Bahia do imperador Antonio Carlos Magalhães, ACM deu a vitória para governador a um petista. Com as bençãos de um oligarca menor, mas matreiro: Geddel Vieria Lima, do PMDB.

Em todos os outros estados onde existem oligarquias Lula entrelaçou-se com estas.

No Ceará foi consolidada uma nova, chefiada por Ciro Gomes no cargo de deputado federal, acompanhado por seu irmão Cid Gomes governador, e se juntaram a Patrícia Saboya, ex-mulher do primeiro.

No Pará, a nova governadora petista, só ganhou devido ao apoio de Jader Barbalho, outro oligarca.

No Maranhão,apesar de ser a candidata mais apoiada por Lula, Roseana Sarney perdeu a eleição.

Em Minas Gerais - que não se pode chamar de oligarquia no mal sentido da palavra, mas sempre governa numa espécie de colegiado o corpo mole do traíra Aécio Neves deu uma vitória espetácular a Lula.

No Rio de Janeiro, o candidato eleito, Sérgio Cabral, tambem apoiou Lula. Embora seja apenas um projeto de oligarca... não vou falar mais do Rio para não me chatear.

Em relação a corrupção, ressalto que o PT sempre se apresentou como imaculado a "tudo isso que está aí". Houve uma clara propaganda de identificação do "modo petista de governar" com a honestidade.

Ao mesmo tempo erigiu-se um enorme engodo chamado "Foro de São Paulo" no qual se associava a regimes totalitários e partidos criminosos como as Farc Colombianas e o Mir Chileno.

O partido mafioso-marxista-sindical não inventou a corrupção mas demarcou-se dela a ponto tal de destruir, ou tentar, a honorabilidade de diversos opositores.

E no final de contas: se a única defesa das acusações de corrupção é a de não ser o único a roubar então posso afirmar que vou, ou melhor, vamos elegendo sucessivamente diferentes pessoas até achar alguem que seja honesto e não roube como nós.

Cristina disse...

Tenho pena dos Brasileiros, pois eles realmente merecem melhor
:)
Um beijinhu

José Alberto Mostardinha disse...

Caro Cfe:

Acredite que o que mais me revolta é essa ameaça velada de que fala e parece pairar sobre a sociedade brasileira.
Isso é próprio de um estado mafioso e sem qualquer pingo de dignidade patriótica.


Aqui tivemos a PIDE (a secreta do do Estado Novo), também ela intimidava.

A luta pela instrução do povo brasileiro tem que ser uma "bandeira" de todos aqueles que já conseguiram alguma.

Só assim será possível construir uma sociedade melhor e com outros horizontes que não a "esperteza-saloia".

Um abraço,

Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba disse...

cfe...

Diga a tua mulher que não ofereço o menor risco e que ela poderá sempre ter acessoa livre a tudo que escrevo e sem problemas. Por outro lado, é bom salientar que por vezes me sinto meio constrangida em usar o espaço do Mostardinha para falar com um dos leitores dele, mas sei que ele é muito generoso e que não nos impedirá de fazê-lo.

Quero te agradecer por tua simpatia e me oferecer para ajudar teu irmão, caso seja do interesse dele, aqui em Florianópolis. Tens meu endereço de caixa postal e poderás repassar a ele que, se me escrever, poderei lhe dar meus contatos telefônica e enfim... Não me custará ajudar caso ele precise.

Eu adoro o Rio e já morei muito tempo aí, mesmo mantendo minha casa fixa e permanente, aqui. Eu tinha um apartamento maravilhoso em um predinho que tem quase na frente do do Hotel Sheraton, na Niemayer, de frente para o mar e naquela praianha ao lado da casa do filho do Roberto Marinho. Se fores ao http://leito-dagua.blogspot.com/ e encontrarás lá umas fotos do Rio e algumas delas feitas do visual da minha janela... Adoro o Rio e é sem dúvida uma das cidades mais lindas do mundo.

Quanto ao estado de coisas em que se encontra o país, acho por bem que "eles" completem o ciclo e que depenem de vez os cofres!!! Que instituam leis que os salvaguardem e que possam fazer do poder, a estrutura que garante a realização dos sonhos de cada um deles e isso, com o aval de todos os votantes. Na verdade não são eles os errados e sim eu, que aceitei viver nessa terra de ninguém, onde o desrespeito e a total falta de moral, é a ordem da casa. Não aceito a desculpa esfarrapada de que sempre se roubou no país. Isso sabemos, mas não há justificativa para isso, jamais e não me interessa quem já tenha roubado e sim, me interessa saber quando poderemos ter um político no poder, de formação e de caráter, capaz de dizer não para um ladrão!!!

Te agradeço por tua atenção e não exite em dar meu contato ao teu irmão, caso ele necessite. Faço isso por saber o quanto é ruim chegar a uma cidade e não ter a quem perguntar nada...

Beijinhos e obrigada por tua atenção e ao Mostardinha, meus agradecimentos pelo empréstimo do espaço.

Beijo,
Cris

Cfe disse...

(Com a compreensão do Mostardinha)

Cara Cristina,

Obviamente, falei meio de brincadeira.

Eu não moro no Rio, mas em Portugal.

Sinceramente: eu não pretendo mais morar lá. Não suporto aquela violência. Há 1 mês, meu irmão desembarcou no aeroporto do Galeão; meu tio foi apanha-lo e pegou a (estrada)Linha Amarela. Na saída anterior ao túnel de acesso a Barra, o automóvel levou uma fechada: roubaram o carro (com dois meses) com suas malas dentro.Ele estava há vinte minutos no Rio de Janeiro!

E quer saber da maior? A Polícia Federal cobra uma multa de quase 200 reais por não apresentar o passaporte velho ao tirar 2ª via. Mas ele vai apresentar como se foi roubado?

Eu já tive parente assassinado, vários familiares assaltados, amigos baleados, carro roubado. Não vou me candidatar a enfiar minha família naquela selva.

Obrigado pelo disponibilidade em ajudar meu irmão. Vou lhe comunicar.

No Rio meu endereço é la pras bandas do Méier, que não não tem cartão postal...Por outro lado tenho um vistão aqui em terras lusas.

Cumprimentos,

Cfe

José Alberto Mostardinha disse...

Olá Cris:

No Estados Gerais tu és uma convidada VIP :-)
Usa e abusa como tu tão bem sabes fazer.
Um beijo,