=====================

 

Ideias para Blogger

Tears In Heaven.

Written By Al Berto on sexta-feira, setembro 08, 2006 | sexta-feira, setembro 08, 2006


"Tears in heaven" é uma balada escrita e executada por Eric Clapton sobre a dor que ele sentia pela morte do filho de 4 anos ocorrida em 1991.
Conor, era o seu nome, caiu de uma janela do apartamento no 53º andar do condomínio onde estava com a mãe;
Clapton estava na ocasião num hotel perto.
Todas as peritagens indicaram que a morte pareceu ter sido simplesmente um acidente trágico.
Eric Clapton passou os meses seguintes á tragédia completamente louco.

Co-escrita por Eric Clapton e Will Jennings, a canção entrou na banda sonora do filme Rush, e ganhou um Grammy para Canção do Ano em 1993.
Também foi incluída no Grammy que ele recebeu pelo seu super-premiado álbum, Unplugged.

É a única canção de Eric Clapton na lista Rolling Stone's das "500 Greatest Songs of All Time".

14 comentários:

Saramar disse...

Meu amigo, quase sempre choro ao ouvir esta música. Por sua dor, por essa perda estúpida, por criança morta que considero a coisa mais triste do mundo.
Apesar de tudo, é linda!

beijos e bom final de semana.

Mankakoso disse...

Man Mustardas!!!!
Mankakas xegou até aki, pá!
Komé? Koração tá batê?
Iskurpa ainda a minha auzência, mas sabes ke sou um gaju okupadu em konkomitâncias bizneiras e de garinas. Ançim o tempo pra intrektuaridades anda lá mbora eskasseár!
Mas a sua brógue é balístika!!!
Agora fui!
Kandandu!

Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba disse...

A música é linda e entende-se. Além de tratar-se de um excelente artista, a motivação da criação da obra, é forte.

Beijo,
Cris

Macillum disse...

(devo admitir que o mankakoso é um artista a escrever)

Para registar os 5 anos sobre o "acidente", 938Superman cria uma nova edição do "Loose Change"

(Parte 1)

http://www.youtube.com/watch?v=J-79WDaJ8uk

(Parte 2)

http://www.youtube.com/watch?v=2sBFR3cMx4U

Santa disse...

Que presente para a minha manhã de sábado!!!
Beijos

Rose disse...

José Alberto,
Saramar tem razão, a morte de uma criança e a coisa mais triste do mundo.

Vim te desejar bom fim de semana tb, com alegria.

Abraços

Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba disse...

Voltei aqui para te desejar bom dia e escutar um pouquinho da boa música do Eric e derrepente me dei conta de que essa criança não morreu...

Ela simplesmente voou...

E talvez seja mesmo essa a razão que levou esse pai a criar algo tão lindo diante de um fato tão trágico...

Ele perdeu o filho para o vento...

É que eu não sabia que o menino havia caido de uma altura dessas e ontem quando vi o post e escutei a música, não parei para ler o texto e só o fiz hoje. Eu conhecia apenas a perda, mas nem imagina o motivo.


Um bom sábado...

Beijo,
Cris

Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba disse...

Eu conhecia apenas a perda, mas nem imaginaVA o motivo.

Preciso aprender...
Preciso aprender...
Preciso aprender...
Preciso aprender...
Preciso aprender...
Preciso aprender...
Preciso aprender...

Luna disse...

Quando algo é feito com toda a entrega emocional , ainda que pela dor, só pode sair algo de belo e verdadeiro
beijos

veritas disse...

Olá!

É uma balada que me enternece, mas ao mesmo tempo, porque sei o que a originou, me deixa preenchida por uma grande agonia, penso sempre nos meus filhos e na necessidade louca de os proteger...

Bjs.

Ricardo Rayol disse...

Aqui no 3° mundo existem uma redes que se colocam nas janelas para que as crianças não cairem pelas janelas. O mais interessante é que lá no 1° mundo ninguem pensou nisso.

Tambosi disse...

Belíssima canção.

Uma boa lembrança.

E bom domingo.

Saramar disse...

Olá, querido, boa noite.

Meu blog mudou para o blogspot, conforme você vê no link deste comentário.
Por favor, mude em sua lista.
Obrigada.
Beijos e bom domingo.

Fátima disse...

Lembro-me bem deste dia, da tragédia estampada nos jornais. A música é linda.
Aproveitei o feriado e postei "Pátria Amada".
Abraços.