=====================

 

Ideias para Blogger

Ora abóbora...

Written By Al Berto on terça-feira, agosto 01, 2006 | terça-feira, agosto 01, 2006

Somente três dias passados sobre uma sondagem de opinião que mostra o partido "laranja" a descer na consideração dos portugueses vêm estes a público, em Aveiro, fazer a apologia do desastre, do pessimismo e da derrota.

Passado pouco mais de um ano de acção governativa, têm inclusive o desplante de usar termos como e cito, «Um ano e meio depois, cada vez mais este Governo começa a ficar para a história como um perfeito e rotundo ‘bluff».

Falam do caos em que está transformado o Distrito de Aveiro aos mais diversos níveis...como se alguém acreditasse nisso.

Isto seria para rir se a situação económica nacional, e internacional, não fosse coisa séria.
Os portugueses já se habituaram, há muito, á irresponsabilidade de alguma classe política e daí avaliarem declarações irresponsáveis deste tipo da maneira que as avaliaram na dita sondagem de opinião para o corrente mês.

O que estes senhores dizem, de forma indirecta, é que os portugueses, e os aveirenses em particular, são uma casta de estúpidos que não vêm as coisas nem as sabem ajuizar.

Com posições e, sobretudo, com análises desta natureza mostram á saciedade que não estão minimamente preparados para qualquer tipo de acção governativa.
O país precisa, e exige, estabilidade governativa e, por parte da oposição, uma crítica construtiva baseada em factos concretos onde sejam apresentadas alternativas credíveis e vantajosas que as populações possam apreciar e valorizar.

E também falam da questão, que aqui já havia sido levantada, sobre a estúpida análise feita pelo respectivo orgão na valoração turística do distrito de Aveiro.
Um governo sério e bem intencionado saberá, humildemente, estar atento aos erros e, se fôr o caso, reparar algum que possa ter sido cometido.
Só não erra quem, politicamente, nada faz...como poderá ser o caso desses senhores.

Conversa demagógica, oca de conteúdo e unicamente com o único fito da propaganda política não interessa a ninguém.

19 comentários:

João Rosa Neto disse...

Venho agradecer a visita. Para voltar sempre, estou colocando um linque de seu blogue lá no Riobaldo & Diadorim. Abraço.

Daniela Bertocchi disse...

Olá, viva!
Obrigada por visitar o Intermezzo (http://intermezzo-weblog.blogspot.com/).
Um beijinho,
Daniela.

Angie disse...

Oi meu amigo querido,
Desculpa a sua amiga que está com alguns probleminhas e temporariamente ausente da net...
Minha filha sofreu um acidente, e está inspirando cuidados. Estou com muitas saudades, uma vontade enorme de vir postar nos meus bloggeres, e visitar os amigos, mas não está sendo possível...
Mas, dei uma olhada no seu blogger, e continua muito interesante e muito lindo!!! Muito bom vir aqui...Parabéns querido!
Beijinhos gratos da amiga Angie

JotaCê Carranca disse...

Há sempre quem não veja a realidade, mesmo que ela esteja à frente do nariz. São coisas...
Um abraço

Meia Nau disse...

Prezado Sr. Mostardinha,
Elucide-me em que é que os comentários dos srs deputados do PSD diferem dos seus próprios quando, por exemplo, escreve o post abaixo intitulado "Estupefacção"?
Se for ao blog Aveiro On Line (aveiroonline) vê que a carapuça que lá se tenta enfiar aos deputados do PSD pelos vistos também lhe assenta bem...

José Alberto Mostardinha disse...

Caro ML:

Na impossibilidade de lhe dar uma satisfação no local próprio, que seria o seu blog, cá vai:

O meu amigo, e o responsável pelo Aveiroonline, podem muito bem ter as opiniões que quiserem, que eu por respeito, não lhes direi para enfiar qualquer carapuça.

O que o meu amigo quer dizer é que Aveiro deve estar atrás das que são apresentadas: Algarve, Lisboa e Porto/Douro, e eu, respeitando, permito-me discordar.

Por um lado porque são realidades distintas e por outro porque pessoalmente considero que toda a vasta região da ria de Aveiro tem potenciais turísticos, muitos deles virgens, de beleza impar.

Por exemplo o Algarve, que conheço bem duma ponta á outra, para mim será sempre uma última escolha em termos turísticos.
Tire-lhe aquelas águas tépidas das praias e verá o que lhe acontece.

A menos que resuma o turismo a estar deitado um dia inteiro na praia. Cada um tem as suas opções...que são respeitáveis.
Uma coisa é certa quando regressar não terá ficado nada a não ser essa recordação da praia.

Passear na Ria de Aveiro é muito mais do que isso.
É romance, é contemplação, é nostalgia, é mistério, é uma vontade profunda de ficar, de voltar, de respirar...é vida.

O meu amigo vai para casa e sonha com os momentos e as sensações vividas algumas conscientes...outras inconscientes, mas que lá ficaram gravadas.

Quando cheirar a maresia da Ria de Aveiro vai embora, mas dar-se-á conta que a tem que a voltar cheirar.

Haveria muito mais para dizer...fico-me por aqui.

Um abraço,


PS: é por pensar que são realidades distintas que acho tacanha a classificação turística que foi feita.

José Alberto Mostardinha disse...

...e esta minha posição não tem nada a ver com o oportunismo político e demagogia demonstrados pelos tais senhores deputados de que fala.
Nem gostaria que me misturasse nessa "caldeirada".

Ekilibrus disse...

Podem dizer-me pf se o Dr. Marques Mendes ( no top five dos Deputados mais faltosos ) é Deputado por Aveiro? E os outros quem são? Que curriculum profissional tem? Apenas sei que o Hermínio Loureiro trabalhou numa companhia de seguros e agora é candidato à Liga de futebol e tem um blogue interessante. Portugal precisa de uma oposição responsável e assim não vão lá...
É preciso equlíbrio!
Cumprimentos

Didas disse...

Pois. Não estamos na época da laranja...

Artes e Poesias disse...

Olá José Alberto! A política precisa ser vigiada em qualquer parte... rsrs Obrigada pelas tuas palavras e pela visita. :-) Beijo grande
http://novas.blog-se.com.br

Elaine disse...

Oi José Alberto, boa noite!
Obrigada por colaborar divulgando meu livro.
Me manda um e-mail para nos falarmos.
Beijos...Elaine Paiva
PS: estou tentando trocar a bendita foto, mas tá dificil!

Julis disse...

Pois é, o pior cego é aquele que não quer ver!

Bjs www.shejulis.blogspot.com

Cris disse...

Se você soubesse como estou enjoada e enojada com essa demagogia toda que vemos a época eleitoral!!!!!

BaD disse...

Também não gostei dessa visita. Perfeitamente despropositada. Tanto pela perspectiva local, como nacional. Localmente, apesar do estado das finanças da CMA, Aveiro continua com crescimento e produtividade acima da média nacional. A nível nacional, duvido muito que a oposição a fazer a este Governo seja pela técnica do bulldozer. A oposição tem que provar que saber e quer fazer melhor. Infelizmente devo admitir que actualmente no PSD os que sabem fazer melhor, estão escondidos. Apesar de tudo, o PP na minha opinião, até tem tido uma postura correcta. Houvesse mais estabilidade...

Cumprimentos caro Jose Alberto! Agora é q vou de férias!

Rosario Andrade disse...

Bom dia!!!!!!
Se ha "coisa" para a qual nao tenho paciencia é politicos mai'la sua conversa. Como se alguém ainda acreditasse que esses senhores, que hoje me dia comecam nas "jotas" ateados por vivissima ambicao, tivessem alguma consederacao pelas necessidades dos cidadaos que representam. A politica é cada vez mais uma carreira e cada vez menos expressao da democracia!

Excelente blog! ja tinha passado por ca mas nao tinha tido oportunidade de comentar.

Bjico!

Primavera Negra disse...

Olá, sr Mostardinha.
Muito bonito teu blog. E bem escrito, também.
Parabéns.
Vejo que sofrem com a praga dos políticos cara-de-pau aí na terrinha, também.
Mas pelo menos por aí o povo não elege ladrões analfabetos para a Presidência da República...
Abraço.

Luna disse...

Pois é a politica tem sempre muita encenação e pouca substância.
beijocas

Vera Lúcia disse...

Meu caro José Alberto: como podes ver aqui no Brasil até as empresas 'multinacionais', como a LEXMARK, estão lesando os consumidores. Não acredito mais nos órgãos de defesa do consumidor daqui. Tenho ação ganha há mais de ano e não consigo receber. É tudo enganação por aqui. :-) Beijo grande amigo
http://novas.blog-se.com.br

AC disse...

Óh meu amigo! Mas política é isto. Quando se olha para trás, e não é preciso ir muito longe, basta ver os últimos 25 30 anos, percebe-se que a política é um negócio que nada tem a ver com o interesse do povo. Este, apenas é tido em conta para:
1. legitimar o sistema através do voto.
2. Pagar impostos
3. Morrer tão depressa quanto possível depois de deixar de ser produtivo.
Discutir política em Portugal, é somente alimentar o sistema.
Cpts.