=====================

 

Ideias para Blogger

Sondagem - Eleições Presidênciais Brasileiras.

Written By Al Berto on domingo, julho 23, 2006 | domingo, julho 23, 2006

Uma pesquisa do instituto Vox Populi, divulgada na quinta-feira pelo Jornal da Band, na TV Bandeirantes, aponta para uma segunda volta na disputa eleitoral brasileira.

A pesquisa mostrou que a vantagem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre o candidato do PSDB a presidente, Geraldo Alckmin, caiu para 10 pontos percentuais, a menor diferença entre os dois.
Lula aparece com 42% das intenções de voto contra 32% do Alckmin.
A margem de erro da pesquisa é de 2,2 pontos percentuais.
Em junho, a diferença era de 13 pontos.

No caso de uma segunda volta a pesquisa mostra que também caiu a diferença de Lula para Alckmin.
Lula aparece com 45% das intenções de voto, enquanto Alckmin tem 40%.
Essa diferença já foi de 18%, segundo o primeiro levantamento feito pelo Vox Populi, em Maio.
Na pesquisa feita em Junho, a distância entre Lula e Alckmin era de oito pontos percentuais.

Pela experiência portuguesa esta evolução apresenta-se muito desfavorável para Lula da Silva. Quem detém o poder é, normalmente, muito mais conhecido do que quem se apresenta á eleição, o que quer dizer que a campanha eleitoral pode ser decisiva e bastante favorável a Alckmin.

5 comentários:

Alexandre, The Great disse...

Sim, José Alberto.
Estás com a razão; pois Geraldo Alckimin era até então um ilustre desconhecido, tão somente Governador de uma unidade federativa, enquanto o Molusco da Silva é o presidente(?) da República. Como a campanha televisiva ainda nem começou, o pressuposto é que tenhamos um ambiente favorável pró-Alckimin, haja vista os sucessivos escândalos de corrupção que grassam o atual governo.

Parabéns pelo seu post e pelo conhecimento que detém da política brasileira.

CAntonio disse...

Caro José Alberto,

O Brasil precisa de muitos anos de trabalho árduo. Primeiramente para consertar todos os estragos feitos pelo Sr. Inácio; principalmente nas relações Internacionais. Não é possível que um país (qualquer um) procure se aliar aos "fracos". Se queremos e almejamos a melhora de nosso povo, há que se fazer alianças fortes e duradouras. Nosso crescimento é comparavel ao das piores nações, embora nos últimos quatro anos o mundo tenha crescido - e muito -, no entanto crescemos um pouco mais que o Haiti - o pior colocado das Americas -.
Alckmin tem esse perfil do empreendedor e será bom se ganhar a eleição. Mas repito, só ganhar de nada adiantará se não forem revistos muitos pontos.
Se Lullllla vencer..... com certeza não termina o mandato.... de uma forma ou de outra; e perderemos todos...

José Alberto Mostardinha disse...

Viva Alexandre:

Obrigado pela tua visita, espero que voltes sempre.

É meu desejo que todos vocês, povo do Brasil, tenham a sorte de ter alguém sério e responsável na governação desse maravilhoso país.

Um abraço,

José Alberto Mostardinha disse...

Viva CAntonio:

...concordo inteiramente, quem quer que seja terá que ser suficientemente honesto para respeitar o voto que o povo lhe conferiu e mudar aquilo que tem de ser mudado.

Para mim o mais abominável é a corrupção e o tráfico de influências.
Isso mina um país e retira-lhe qualquer pingo de credibilidade e respeito internacional.

Um abraço,

Cris disse...

Que o teu comentário se confirme, amigo!!Que os anjos digam amém e levem o Sr.Lula para bemlonge do poder!!!Bom início de semana!!!