=====================

 

Ideias para Blogger

Eu quero imigrar...

Written By Al Berto on terça-feira, maio 23, 2006 | terça-feira, maio 23, 2006

"Carlos Teixeira, o magistrado do Ministério Público titular do ‘Apito Dourado’ desde o seu início, em Abril de 2004, pediu escusa do processo, o que levou a juíza de instrução a ter de suspender todas as diligências.

O pedido de escusa de Carlos Teixeira, já comunicado à hierarquia do MP, deve ser deferido. A decisão cabe ao novo procurador distrital, Pinto Nogueira, eleito de surpresa para o cargo na semana passada, que na fase dos recursos, na Relação do Porto, tomou posições sistemáticas e inequívocas contra os argumentos de Carlos Teixeira. Algumas fontes conhecedores dos meandros da magistratura admitem que a subida de Pinto Nogueira pode estar na origem do pedido de Teixeira. O magistrado de Gondomar podia até temer ser substituído no processo e ter-se antecipado a qualquer decisão do novo PGR distrital."






A justiça em Portugal
Deixa muito a desejar
É um descrédito total
O que se está a passar.

Fosse um Zé-ninguém julgado
Por roubar para comer
Já estava condenado
Sem direito a recorrer.

Mas no Apito Dourado
E Casa Pia igualmente
Só vamos ver condenado
Quem for um dez reis de gente.

Os ricos e poderosos
É que mandam na justiça
Nós ficamos revoltosos
Mas só podemos dizer chiça

(A. Fernandes)




As sensações de injustiça dão lugar á revolta interior. Essa vai "enchendo o "saco" até que estoira e, nesse momento, surge o "arrebanhamento" desse descontentamento por parte de grupos extremistas radicais.
Em último grau dá lugar á "semente" de grupos armados dispostos a matar sem nexo.

A sensação de falta de dignidade, de carácter, de respeito, de seriedade, de honradez é total.
A sensação de que tudo é feito subterraneamente, por "baixo da mesa".

A sensação de impunidade total .
A sensação de que já se não pode confiar nas instituições.
A sensação de um país á deriva e cada vez mais descaracterizado.


Hoje é uma...amanhâ é outra.
É a independência nacional que está em causa.

4 comentários:

veritas disse...

Só tenho que o elogiar por estar atento a estas realidades, porque o que diz é verdade, infelizmente a justiça portuguesa é mesmo parcial...

José Alberto Mostardinha disse...

Olá:

Pois, mas o problema é que as injustiças levam a consequências desastrosas como o aproveitamento de pessoas revoltadas e infelizes para grupos extremistas (ou terroristas ou como lhe queiram chamar) com as consequências que todos nós sabemos.

veritas disse...

o que mais lamento é sentir-me impotente para na prática contribuir para alterar a situação. Por mais que denunciemos o que podemos mudar?

HCastanhas disse...

Grandes verdades!