=====================

 

Ideias para Blogger

"Ouro cinzento"

Written By Al Berto on segunda-feira, julho 30, 2007 | segunda-feira, julho 30, 2007


Um estudo realizado em Portugal pelo IPATIMUP sugere uma nova terapia para controlar a propagação das células tumorais para novos tecidos, um processo conhecido por metástase e que está associado a alto risco de morte.

Segundo a investigação, publicada pela revista "Human Molecular Genetics", da Universidade de Oxford (no Reino Unido), essa movimentação celular caótica pode estar ligada à activação aberrante de uma molécula chamada EGFR (acrónimo em inglês para Receptor do Factor de Crescimento Epidérmico), existente na membrana celular.

Ana Rita Mateus, Raquel Seruca coadjuvadas por colegas da Universidade do Porto e da Universidade Técnica de Munique (Alemanha), mostram no estudo que a inibição dessa activação pode converter a excessiva motilidade celular num padrão benigno.

Assim, os investigadores sugerem que os fármacos inibidores de EGFR - já disponíveis no mercado mas usados sobretudo em casos de cancro do pulmão - podem constituir uma nova terapia para controlar as metástases noutros tipos de tumores, como o do estômago e da mama.

A ciência portuguesa a par com o que de melhor se faz no mundo.
Contra os "velhos do Restelo"... nem tudo vai mal na república da Lusitânia... e este é um indicador de desenvolvimento ciêntifico de respeito.

10 comentários:

Ricardo Rayol disse...

Se for verdade que chegue logo às mãos de quem sofre com essa maldita doença.

Stella disse...

toda descoberta é uma esperança a mais no processo de cura dos tumores, principalmente no controle de metásteses

veritas disse...

Valham-nos esses motivos de engrandecimento que fazem calar os "velhos do restelo". Tendo em atenção que o cancro, a par da sida, são as doenças mais temidas, mais um motivo para fazer raiar a esperança.

Bjs. Boa semana.

Fábio Max Marschner Mayer disse...

Portugal e Brasil têm isso em comum mesmo: misturam centros de excelência em várias áreas, com instituições praticamente medievais.

Pata Irada disse...

Muito legal Mostardinha
Então existem pessoas que são inteligentes e usam essa inteligência para fazerem coisas boas e úteis para a sociedade.
Que bom! É reconfortante lembrar disso.
Valeu! Finalmente uma boa notícia.
Beijo.

RB disse...

Aplausos para o progresso. Mas que venham mais e rápido.

mim disse...

Que bom! Temos jovens muito bem preparados a fazer investigação em áreas de saúde, com grande sucesso. Isso significa que as nossas Universidades são motores de desenvolvimento. E ainda bem que assim é. Abrem-se novos caminhos para o futuro.
E parabéns pelo fantástico post...
Beijos.

Catellius disse...

Viva Mostardinha!

Parabéns pela descoberta, irmãos portugueses. Principalmente porque beneficiará as gentes de todas as cores e credos. A ciência salva a todos, não apenas os de prepúcio amputado ou os canibais (católicos, que ingerem carne humana nas missas).

Estou com um post um pouco poético - por hora sem anticlericalismos - e mórbido. Acho que você vai gostar!

Gostei do comentário do Rayol, sempre contundente, ha ha.

Abraços a todos!

mim disse...

Obrigada pela honra de voltares a destacar o Espelho-dos-Sentidos. Vou de férias ainda mais feliz. E com mais vontade de "espremer" os dias...
Beijos.

JotaCê Carranca disse...

Não te vou falar do 'ouro cinzento' porque ainda vai demorar muitos anos até se conseguir seguir essa via.
Te falo só mesmo, que não vai dar nos proximos dias te 'pagar' as birras geladas que muito bem as mereces e eu tas devo. Por razões que nem eu já me lembro quais eram, não 'fério' de Verão e como calculas esta zzona está carregada de gente que parece nunca mais vai acabar. E essa gente que nos invade pensa mesmo que esta região fecha nos outros meses do ano e portanto é só exigir, mesmo quando tem que esperer sete horas (vai no extenso porque não é erro) para ser atendido porque apanhou sol de mais na nuca e doi a cabeça que até mete pena. Agora vem o cansaço e a falta de tempo para 'visitar' os amigos com letras, mas lhes visito só com os olhos muitas vezes.

Abraços